banpara LCI julho 2024


Memória de Santarém: Cidadãos de Santarém, 1963

Lúcio Flávio Pinto - 26/09/2021

Elias Pinto, Waldemar Pena e Padre Manuel Albuquerque - Créditos: Arquivo/ICBS/Ercio Bemerguy

O primeiro número da Hileia Brasileira - Revista comercial da Amazônia, circulou em abril/maio de 1963. Jessé Feitosa era seu diretor redator. O secretário era Raimundo Viana. Os relações públicas, Ronaldo Campos e Geraldo Macedo. Na circulação, Sílvio Colares; na biblioteca, Waldenira Bandeira. Na documentação e arquivo - João Batista Pereira.


Uma das matérias noticiava a entrega, em dezembro do ano anterior, pela Câmara Municipal, de títulos de cidadãos de Santarém a Waldemar Penna, médico, natural do Estado da Bahia, e Elias Ribeiro Pinto, industrial, paraense. Na ocasião, também foi homenageado o padre Manuel Albuquerque, amazonense e também santareno titular.


A revista descreveu assim o fato:


A solenidade foi abrilhantada por autoridades, dirigentes de classes e intensa massa popular, do que se deduz claramente a estima dos agraciados conquista face ao Povo santareno.
A srta. Waldenira Bandeira, aluna do Colégio Santa Clara, recitou o soneto "Cidadão De Santarém", de autoria do nosso diretor, então secretário da Câmara.
Tanto o dr. Waldemar Penna como o sr. Elias Pinto estavam visivelmente emocionados; principalmente este, tão conhecido pela sua vibrante oratória, deixou transparecer no verbo as reticências de estilo, provocadas como recurso de retórica.

 

 

LEIA TAMBÉM:

 

Memória - Um amor em Santarém

 

Memória de Santarém: A imagem do populismo

 

Memória de Santarém: Os confederados: um marco no desenvolvimento do município

 

Memória de Santarém: velho Faria ; ex-prefeito Ismael Araújo, Raimundo Pinto; velho Figueira; matriarca dos Pereira

 

Memória de Santarém: Começo da Tecejuta

 

Memória de Santarém: A primeira prefeita

 

Memória de Santarém: 1948

 

Memória de Santarém: Primeiro jato militar 

 

Memória de Santarém: A Miss Brasil entre nós

 

Memória de Santarém: Nas asas da Panair

 

Memória de Santarém - Tecejuta

 

Memória de Santarém: O regresso de Sebastião Tapajós, há 31 anos

 

Memória de Santarém: Cléo Bernardo e Silvio Braga

 

Memória de Santarém - Meu avô Raimundo

 

Memória de Santarém: o direito de ser criança em cidades pequenas

 

Memória de Santarém: Os arigós raptavam crianças? Lenda urbana dos anos 50

 

Memória de Santarém: Documentos históricos de regularização fundiária são restaurados e digitalizados pela prefeitura

 

Memória de Santarém: Pinto e Faria, os legados

 

Memória de Santarém - Nordestinos passam fome em viagem de navio




  • Imprimir
  • E-mail