HMS

Durante posse, Helder recebe abaixo-assinado contra Celpa e quer promover melhorias no sistema de abastecimento de água em Santarém

Weldon Luciano - 02/01/2019

Uma das bandeiras levantadas ppelo governador Helder Barbalho, durante a posse em Santarém, foi a promoção de melhorias no abastecimento de água e energia. Helder destacou que há problemas no abastecimento da população e que não haverá omissão por parte do Governo do Estado na resolução dos diversos problemas relacionados aos dois temas.

 

 “Estamos preocupados e queremos solucionar o mais rápido possível a questão do abastecimento de água na cidade. Com relação a energia, estaremos dialogando com o governo federal, com a Agência Nacional de Energia Elétrica e a concessionária. Não é possível continuar com o preço exorbitante e a péssima qualidade. O Pará é produtor e exportador de energia e não aceita. O governo do estado não será omisso e não aceitará continuar nesta relação inadequada e inconveniente para o cidadão”, conclui o governador.

 

O abastecimento de água em Santarém é feito pela Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) que possui a concessão até 2032. A falta de investimentos por parte das gestões estaduais anteriores resultaram no sucateamento e diversos problemas na rede com interrupções no fornecimento que duram semanas para serem solucionadas, além de não acompanhar o crescimento da cidade, aonde há diversos pontos que ainda não são abastecidos, como toda a Zona Sul.

 

Em dezembro de 2018, o prefeito municipal, Nélio Aguiar, decretou intervenção na Concessionária pelo período de 180 dias. Baseado na caducidade, ou seja, quando cláusulas contratuais não são cumpridas, um interventor foi nomeado para que sejam feitas auditorias com o objetivo de garantir que os recursos destinados a manutenção e expansão da rede possam ser utilizados corretamente. A prefeitura confirmou que há uma empresa autorizada pela Câmara que deve atuar neste momento de intervenção se houver a necessidade afim de evitar transtornos para população. Os governos municipal e estadual ainda buscam soluções para o fato.

 

Movimento Basta CELPA entrega abaixo assinado ao governador

 

 

O movimento Basta CELPA surgiu em Santarém há três meses e já reúne integrantes em demais municípios da região. Um abaixo assinado está em andamento em Santarém, Itaituba e Terra Santa com o objetivo de reunir 10 mil assinaturas para mover uma ação popular contra a concessionária, para as taxas abusivas sejam revistas. Até o momento, um documento com mais de 3 mil assinaturas foi entregue nas mão do governador durante sua visita a Santarém.

 

Em todo o estado, movimentos contra a CELPA vem ganhando força. A Centrais Elétricas do Pará tem sido alvo de constantes manifestações em redes sociais e em espaços públicos, com muitas denúncias feitas no Procon – Órgão de Devesa do Consumidor, nas quais reclamam, entre outras coisas, de cobranças com indícios de superfaturamento nas contas de energia elétrica e também na iluminação pública. Em 2018, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Pará (Procon/PA) já teve 6500 reclamações contra a empresa. 


  • Imprimir
  • E-mail