Banpara energia solar


Eleitor tem até quarta-feira(8) para regularizar situação eleitoral e emitir título pela primeira vez

Portal OESTADONET - 06/05/2024

Fila de eleitores no cartório eleitoral de Santarém provoca isolamento de avenida - Créditos: Portal OESTADONET

 

Encerra na próxima quarta-feira (8), o prazo para o eleitor que ainda não atualizou os dados cadastrais junto à Justiça Eleitoral ou que vai tirar o título pela primeira vez. Portanto, quem ainda precisa requerer os serviços eleitorais como cadastramento de dados biométricos, emissão da primeira via do título, alteração e regularização, deve correr porque não haverá prorrogação. A partir da quinta-feira (9), o cadastro eleitoral estará fechado para a organização da logística de votação das eleições municipais de outubro.

 

Eleitores sem cadastro biométrico devem procurar o cartório eleitoral mais próximo para fazer a mudança. Nestes casos, o pedido só pode ser realizado presencialmente. Aqui em Santarém, os serviços estão disponíveis no Cartório Eleitoral, localizado na avenida Mendonça Furtado, 2039, no bairro Aparecida.

 

O prazo serve também para a transferência do domicílio eleitoral, no caso de o eleitor ter mudado de endereço, indo morar em bairro ou município de outra zona eleitoral, por exemplo. Vale lembrar que este ano, devido ao caráter local das eleições, não há a possibilidade de voto em trânsito.

 

As eleições municipais estão marcadas para o dia 6 de outubro, com eventual segundo turno acontecendo no dia 27 de outubro. Os eleitores irão às urnas escolher o prefeito, vice-prefeito e vereador.

 

Saiba como mudar o local de votação e domicílio eleitoral

 

Além de estar com o título devidamente regularizado, é necessário que o eleitor esteja em seu domicílio eleitoral. Caso tenha se mudado de cidade ou esteja no mesmo município, mas distante do local de votação original, o eleitor tem até quarta-feira (8) para atualizar o endereço.

 

Como fazer a mudança de domicílio eleitoral?


Se estiver em uma nova cidade, o eleitor pode solicitar a mudança de domicílio eleitoral pela internet. Para isso, é necessário que já resida no novo município há pelo menos três meses, além de ter feito o primeiro título de eleitor há mais de um ano.

 

A solicitação online está disponível exclusivamente para eleitores que já fizeram o cadastro biométrico.

 

Veja abaixo o passo a passo para fazer o pedido pela internet:

 

Acesse o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

 

Entre em Serviços Eleitorais e na sequência clique em Autoatendimento Eleitoral

 

Na nova página, acesse Título Eleitoral. Nesta página, deve-se clicar no menu 3, em Atualize ou Corrija seu Título Eleitoral.

 

Após a expansão, clique no menu 3.2, em Atualize seu Endereço.

 

Será aberta uma aba para identificação do eleitor que deseja trocar o endereço. Para isso, basta preencher as barras com as informações solicitadas.

 

Em seguida, o eleitor será encaminhado para a página em que deverá informar os novos dados e enviar os comprovantes necessários.

 

Após concluir essa operação, será necessário aguardar a análise do pedido pela justiça eleitoral. A situação do processo pode ser acompanhada pela internet. Basta acessar a aba Acompanhe uma Solicitação na página de autoatendimento eleitoral.

 

Esse processo é válido tanto para trocar o título para munícipios diferentes, quanto para mudanças dentro do mesmo município e o eleitor deseja ter um local de votação mais próximo da nova residência.

 

Como trocar o local de votação na mesma cidade?

 

No site do TSE também é possível apenas trocar o local de votação sem atualizar o endereço. Para isso, é necessário acessar a página de autoatendimento eleitoral e clicar no menu Atualize ou Corrija seu Título Eleitoral e, então, selecionar o menu 3.3, Troque seu local de votação dentro do mesmo município.

 

Nessa opção, será possível escolher um novo local de votação em sua cidade e na mesma zona eleitoral, sem a necessidade de atualizar o endereço.

 

Mudança para exterior


Brasileiros que se mudaram para o exterior também devem solicitar a transferência. Para isso, é necessário encaminhar os documentos para a sede da embaixada ou repartição consular brasileira vinculada ao local do novo endereço.

 

A solicitação será analisada por um juiz da Zona Eleitoral do Exterior. Caso o eleitor já esteja inscrito em uma Zona Eleitoral no Exterior, mas mudou de país, é importante solicitar a transferência.




  • Imprimir
  • E-mail