banpara LCI julho 2024
Verão julho

Festa de Nossa Senhora da Saúde, de Alter do Chão, vira Patrimônio Cultural Imaterial de Santarém

Portal OESTADONET - 26/12/2023

Praça e Igreja Matriz de Nossa Senhora da Saúde - década 1930 - Créditos: Arquivo/Sidney Canto

 

As Festividades de Nossa Senhora da Saúde, padroeira da vila de Alter do Chão, recebeu o título de Patrimônio Histórico e Cultural de Natureza Imaterial do município de Santarém, no oeste do Pará. A lei foi sancionada pelo prefeito Nélio Aguiar. O ato do chefe do Executivo Municipal está publicado na edição desta terça-feira (26), do Diário Oficial dos Municípios. 

 

A tradicional festa em homenagem a Nossa Senhora da Saúde começa nesta sexta-feira (29), na vila balneária. A programação segue até o dia 6 de janeiro de 2024. 

 

“O prefeito Municipal de Santarém faz saber que a Câmara Municipal de Santarém, aprovou e ele faz sancionar a seguinte Lei: Art. 1º Fica declarado como patrimônio histórico e cultural de natureza imaterial do município de Santarém as “Festividades de Nossa Senhora da Saúde”, padroeira do povo católico da Vila de Alter do Chão”, diz a lei nº 22.043 de 21 de dezembro de 2023.

 

História

 

Segundo os historiadores, até meados do século XVIII, Alter do Chão era habitada pelos índios Borari. A partir da chegada das missões religiosas jesuítas, houve uma grande influência nos costumes dos povos originários da vila balneária. 

 

Com a separação da Missão do Tapajós, surgiu a Missão de Nossa Senhora da Purificação (Nossa Senhora da Saúde) pelo padre Manuel Ferreira na antiga aldeia dos Borari. Ele construiu uma pequena igreja de taipa que foi administrada pelos jesuítas.

 

Nossa Senhora da Saúde se tornou então padroeira dos Borari e também da vila. A igreja também é um dos pontos turísticos.




  • Imprimir
  • E-mail