pms fev 2024 exploração sexual
rec cartão afinidade Banpará fevereiro interno

Chegou a hora de discutir a floresta, diz Helder ao defender o tema para a COP 30 em Belém

Agência Pará - 04/12/2023

Helder Barbalho durante a defesa do tema da COP 30 durante a COP 28 - Créditos: Agência Pará/Thalmus Gama

O governador Helder Barbalho apresentou,  domingo (03), na 28ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP28) em Dubai, projetos já em andamento na capital paraense que fazem parte dos preparativos para a COP 30, que acontecerá em novembro de 2025.

 

No painel “Transição da COP28 [Dubai] para COP 30 [Belém]”, Helder Barbalho aproveitou a oportunidade para defender que o tema da COP 30, que será realizada pela primeira vez no bioma amazônico, seja voltado à floresta. 

 

 

“A COP 30 significa um ponto central de construção de uma nova história para a floresta amazônica. Será o grande momento do mundo discutir o sul global e o papel da floresta diante das urgências climáticas. Se em outras edições de COP foi discutido transição energética, regeneração de áreas degradadas e produção de alimentos, está chegando a hora de discutir floresta”, argumentou o chefe do poder executivo estadual paraense. 

 

 

Helder Barbalho, governador do Pará
Helder Barbalho, governador do Pará Foto: Thalmus Gama / AgPará

 

 

Helder Barbalho disse ainda que, discutir floresta significa construir e fortalecer políticas públicas voltadas à economia verde e desenvolvimento social. “Soluções sociais produzem empregos verdes e empreendedores que façam da floresta um novo ativo econômico”, completou o governador.  

 

Sobre a organização para Belém receber a COP 30, Helder Barbalho afirmou que os preparativos estão em andamento, com intervenções em infraestrutura e também ações de envolvimento da sociedade para as oportunidades de renda extra. “Estamos envolvendo principalmente os empreendedores das atividades de micro e pequenas empresas”, disse. 

 

 


Foto: Thalmus Gama / AgPará

 

 

 

“Queremos convidar todos a construírem essa histórica conosco. Queremos ver todos vocês na Amazônia, em Belém, na COP em 2025. Será um privilégio receber todos e mostrar as belezas, riquezas e os desafios da floresta amazônica”, disse o governador do Pará. 

 

 

Ainda durante o painel, Helder detalhou as políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Pará voltadas à preservação florestal, combate aos crimes ambientais, e incentivo da bioeconomia como uma nova vocação socioeconômica do Estado para geração de empregos e renda de forma sustentável.




  • Imprimir
  • E-mail