Alfabetiza junho

Acusada de esfaquear e matar mulher no residencial Salvação chega a Santarém; no dia 7 de dezembro Rute vai ser julgada pelo tribunal do júri

Portal OESTADONET - 30/11/2023

Créditos: Arquivo /Portal OESTADONET

 

Rute de Vasconcelos Ferreira, denunciada pelo Ministério Público pela morte de Regiane de Freitas Tavares, 30 anos, em março de 2021, no Residencial Salvação, em Santarém, no oeste do Pará, que se encontrava presa em Sinop, no Mato Grosso, desde agosto passado, chega ao município nesta quinta-feira (30). No dia 7 de dezembro, próxima quinta-feira, o juiz Gabriel Veloso de Araújo, titular da 3ª Vara Criminal de Santarém, preside a sessão de julgamento de Rute pelo Tribunal do Júri. 

 

A acusada chega nesta tarde a Santarém. Ela veio do estado mato-grossense sob escolta de agentes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Ontem (29), chegou à cidade de Itaituba, no sudoeste do Pará.

 

Aqui, Rute deve ser levada para o Centro de Recuperação Feminino de Santarém (CRFSTM), no Complexo Penitenciário de Cucurunã, onde ficará custodiada. 

 

O crime
 

No dia 21 de março de 2021, Rute Vasconcelos desferiu vários golpes de faca que levaram à morte de Regiane de Freitas Tavares, 30 anos, no residencial Salvação, em Santarém. O crime teve ampla repercussão. O vídeo mostrando o momento do ataque à vítima viralizou nas redes sociais. 

 

Rute de Vasconcelos Ferreira de Castro foi pronunciada pela morte de Regiane. Após isso, ela fugiu da cidade, sendo localizada e presa pela Polícia Civil, no dia 11 de agosto, na cidade de Sinop, no Mato Grosso.




  • Imprimir
  • E-mail