pms fev 2024 exploração sexual
rec cartão afinidade Banpará fevereiro interno

Prefeitura de Alenquer contrata cantores sem licitação para o Raid 2023 por mais de R$ 350 mil

Portal OESTADONET - 21/09/2023

A Prefeitura de Alenquer, no oeste do Pará, vai investir mais de R$ 350 mil na contratação de artistas nacionais para a 24ª edição do Raid Alenquer-Curuá, evento offroad que acontece todos os anos no mês de outubro, entre as cidades de Alenquer e Curuá. Segundo publicação 'Marcynho Sensação' e 'Alazin Coreano' vão se apresentar durante o evento recebendo cachês no valor total de R$ 357.000,00. 

 

A contratação dos artistas foi feita sem licitação amparada pela lei da inexigibilidade, que permite às prefeituras contratarem shows e artistas de forma direta, sem concorrência pública. 

 

Conforme os extratos de inexigibilidade de licitação publicados na edição desta quinta-feira (21), do Diário Oficial da União (DOU), a Prefeitura de Alenquer desembolsou para contratar o cantor 'Marcynho Sensação', o valor de R$ 169.000,00, em contrato firmado com a empresa G2 Produções e Eventos. Em consulta pela internert, constata-se 'Marcinho' cobra em média R$ 30 mil por show realizado, sendo que seus shows podem até ter um valor um pouco mais elevado que o citado. 

 

No caso do cantor 'Alazim Coreano', o contrato é com a empresa Luke Music Records no valor de R$ 188.000,00. Em 2002, em Uruburetama, estado do Ceará, o referido cantor cobrou cachê de apenas R$ 10 mil. 

 

Ambos os atos são assinados pelo prefeito Heverton dos Santos Silva.

 

A notícia sobre a contratação dos artistas para o Raid 2023 não agradou muito boa parte da população do município de Alenquer, sobretudo, os servidores públicos da saúde e contratados temporários que estão com salários atrasados.

 

Além disso, a população reclama também da situação de abandono do município, já que há diversas ruas sem asfalto, falta de água nas residências e outros desmazelos que tornam a cidade um caos em diversos setores. 

 

O Ministério Público do Estado do Pará, por meio da Promotoria de Justiça de Alenquer, deve ser acionado para se  manifestar sobre a aplicação de recursos públicos em bens e serviços que não irão proporcionar bem-estar a toda população, contemplando, tão somente, as pessoas que forem prestigiar o raid. 

 

O Portal OESTADONET pesquisou e descobriu que esses cantores participam de eventos patrocinados por prefeituras, porém, com cachês bem menores que esses pagos pela Prefeitura de Alenquer.




  • Imprimir
  • E-mail