pms fev 2024 exploração sexual
rec cartão afinidade Banpará fevereiro interno

Avançam obras estaduais de abastecimento de água, reconstrução de mercado e hospital, e pavimentação de rodovia, em Óbidos

Agência Pará - 21/09/2023

Reconstrução da Rodovia PA-437 entra na fase final - Créditos: Agência Pará

O município de Óbidos, no oeste paraense, está com várias obras estruturantes em andamento, executadas pelo Governo do Pará. O volume expressivo de investimentos vai contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população do município, com reflexos positivos na região.

 

Por meio de várias secretarias, o Estado avança com as obras de reconstrução do mercado municipal, construção do sistema de abastecimento de água, ambas sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop); reconstrução do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Óbidos, pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), e construção da Rodovia PA-437, pela Secretaria de Estado de Transportes (Setran).

 

Economia - De acordo com Francisco Carvalho, engenheiro da Seop, o mercado municipal de Óbidos data de 1926. Antes do projeto atual de reconstrução, o mercado funcionava de forma precária, principalmente com venda de carne, em nove boxes e dispondo de apenas um lavatório.

 

"Tem uma área construída de quase 500 metros quadrados (m²), tendo um mezanino interno que está sendo recomposto e será reutilizado. Ao fim das obras, terá 21 boxes, que serão destinados para venda de artesanato e consumo de iguarias. A obra também contempla a construção de banheiros, que não existiam", informou o engenheiro.

 

Ele acrescentou que "toda a estrutura está sendo recuperada, o que inclui a revisão do telhado, com instalação de manta aluminizada, além da revisão da instalação elétrica e recuperação do piso de ladrilho hidráulico".

 

O projeto já atingiu 42% de conclusão. A fase atual contempla o revestimento das paredes, com revisão do reboco e pintura do fechamento. Também está sendo instalada uma calha para coleta de água pluvial, além do serviço de recomposição do entorno, com a construção da rede de tratamento de esgoto (fossas e tanques sépticos), e do passeio.

 

Autônoma, Carolina Queiroz comercializa artesanato no mercado, e acredita que o novo espaço pode melhorar suas vendas. "Estava muito ruim. As pessoas tinham medo de entrar e cair o teto. Agora, a gente vê que por fora já está muito bonito. Para quem vem de fora é chamativo. Que as pessoas venham conhecer o mercado, conhecer o que a gente vende lá dentro", disse Carolina.

 

Raimunda Lopes vende lanches e refeições no mercado desde o fim dos anos 1990. "Estava sem condições de trabalho. Precisava de reforma, porque acho que só passou por uma pintura, mas nunca tinham feito algo realmente grande desse jeito. Eu entrei lá um dia desses e gostei do que vi. Tem muitas coisas que não tinham, como banheiros, abastecimento de água e depósito. São melhorias para nós. Ali é meu cantinho, meu lugar de trabalho", informou.

 

Água tratada - O governo do Estado investe quase R$ 6 milhões no sistema de abastecimento de água, que deve atender mais de 31 mil habitantes. O cronograma já atingiu 97% de execução, estando na fase final, de abastecimento elétrico do sistema.

 

Engenheiro responsável pela obra, Hudson Vasconcelos Santos explicou que a estação de tratamento de água é composta por um desferrizador de água, sistema de filtros, e reservatório apoiado para tratamento. "A água tratada é bombeada para o reservatório elevado, e a distribuição é feita por gravidade. A capacidade do sistema é de 500 mil litros de água. A população vai alcançar quase 100% de água tratada assim que entrar em funcionamento", afirmou.

 

Até o momento, já foram executados serviços de impermeabilização e revitalização de reservatórios apoiados e elevados, expansão de rede e manutenção da rede elétrica dos dez poços. "O sistema tem dois poços artesianos de 200 metros de profundidade, que alcançam o aquífero do distrito de Alter do Chão", disse o engenheiro.

 

Saúde pública - O Hospital Santa Casa de Misericórdia de Óbidos é administrado pela Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, sendo o único com capacidade para internação no município, situado em uma região com aproximadamente 50 mil habitantes, incluindo a população ribeirinha.

 

As obras na unidade, orçadas em cerca de R$ 1,1 milhão, estão na segunda etapa de ampliação e reconstrução, com 80% do cronograma concluídos. O forro já foi instalado e as esquadrias finalizadas. Estão em andamento as instalações de renovação de ar e exaustão. A unidade já conta com piso em porcelanato e teve a pintura iniciada. Os drenos de ar-condicionado também já foram instalados.

 

Mobilidade - A Rodovia PA-437 ganhou asfalto em seus 14 quilômetros de extensão, e ainda duas pontes de concreto armado em substituição às pontes de madeira, além da duplicação de uma terceira ponte de concreto armado. A rodovia começou a receber sinalização horizontal e vertical, para ser entregue à população em breve.

 

Os trabalhos de construção e pavimentação da PA-437 contemplaram asfaltamento, terraplanagem, instalação de rede de drenagem de águas pluviais, acostamento, meio-fio e sinalização horizontal e vertical, garantindo mais segurança à população.

 

Segundo o secretário de Estado de Transportes, Adler Silveira, a obra completa beneficia a população da região. "Levamos o asfaltamento, e também fazemos a substituição das pontes de madeira por estruturas de concreto armado, que garantem o ir e vir com agilidade, permitindo escoamento da produção, melhor acesso aos serviços públicos, como escola e hospitais, e facilitando o deslocamento dos veículos com segurança", disse o titular da Setran.




  • Imprimir
  • E-mail