BANPARÁ BIO 2
Alfabetiza junho

A guerra de Serra Pelada

Lúcio Flávio Pinto - 16/01/2022

A presidente da Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada reagiu à iniciativa de quatro diretores da Coomigasp, no mês passado, de impedir a realização da assembleia geral extraordinária por ela convocada para o próximo dia 23, em Curionópolis, no sul do Pará. Deuzita Rodrigues da Cruz Viana retificou o edital de convocação.

 

É interessante reproduzir a íntegra das retificações para perceber as razões de mais uma disputa de poder na cooperativa daquele que foi, quatro décadas atrás, o mais famoso garimpo de ouro do mundo.

 

Onde se lê na ordem do dia:

1. Exclusão de sócios do quadro e garimpeiros ilegítimos. (Art. 21 do Estatuto Social). (Voto secreto)”.

2. Aprovação da alteração do Estatuto Social (HERDEIROS, COTISTAS entre outros), e introdução do regimento interno, obs.: serão apresentados juntos para a sociedade. Art. 46 incisos I, Art. 10 (i), art. 18. (Aclamação).

5. Medição da área dos 100 hectares.

7. Impedimento de titularização dos 100 hc e dos 750 hc [hectares] (Aclamação).

8. Fechamento do quadro (120 dias), (Aclamação).

10. Inserir no Estatuto o artigo que exclui os Diretores que não observar ou descumprirem as normas do Estatuto e Regimento interno da casa, bem como atuar em desacordo com as diretrizes estabelecidas nas A.G.E e A.G.O.

(Aclamação).

 

Lê-se:

1. Eliminação do associado que causou prejuízos material ou moral ao patrimônio da COOMIGASP (art. 13, § 1o, b, e do Estatuto Social) e eliminação de garimpeiros ilegítimos (carteiras falsas), (voto secreto) ”.

2. Solicitar a aprovação de uma futura alteração do Estatuto Social, criação e introdução do regimento interno, obs: serão apresentados juntos para a sociedade. Art. 46 incisos I, art. 18. (Aclamação)”.

5. Esse item torna-se nulo, pois chegou ao conhecimento da diretoria a existência da medição.

7. Esse item torna-se nulo, por já está sendo tomada as devidas providências.

8. Esse item torna-se nulo, pois chegou ao conhecimento da diretoria que o quadro já foi fechado.

10. Esse item torna-se nulo, pelo motivo que a punição aos diretores já está incluso no Regimento Interno da Cooperativa.




  • Imprimir
  • E-mail