Banpara bio maio


Jornal paulista errou ao não afirmar que dados sobre vacinas vencidas poderiam decorrer de falhas do sistema; texto foi alterado

Portal OESTADONET, com informações da FSP - 07/07/2021

Reportagem da Folha de São Paulo, cujo teror foi reproduzido parcialmente pelo Portal OESTADNET, sobre vacinas vencidas errou ao não deixar claro, em sua primeira versão, que os registros de 26 mil doses aplicadas fora do prazo de validade poderiam decorrer de erros do sistema do Ministério da Saúde.

 

LEIA TAMBÉMPrefeitura de Santarém diz que informação sobre vacina vencida é incorreta e que doses foram aplicadas dentro do prazo de validade

 

Segundo a Folha, a diferença entre as versões é que, na primeira, estava embutida a suposição de que os dados do DataSUS constituem retrato fiel da realidade, ao passo que, na segunda, não há essa suposição.

 

Leia a matéria completa AQUI.

 

O que fazer

 

Caso você tenha recebido vacina da AstraZeneca de um dos oito lotes após a data de vencimento, procure um posto de saúde com sua carteira de vacinação para registro do erro vacinal e para receber orientações

 

Além disso, de acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19, quem tomou imunizante vencido precisa se revacinar pelo menos 28 dias depois de ter recebido a dose administrada equivocadamente. Na prática, é como se a pessoa não tivesse se vacinado




  • Imprimir
  • E-mail