Alcoa Juruti
El Mexicano 2
churrascaria interno

Saque indevido de seguro defeso: Fraude atinge 100 pescadores da região

Weldon Luciano - 25/03/2019

Os saques indevidos ao seguro defeso de pescadores da região por pessoas em outros estados estão sendo investigados pela Policia Federal. Inicialmente, foram registrados 30 casos de pescadores que estão sem receber o benefício desde o mês de novembro porque na hora do saque, em Santarém, o dinheiro havia sido retirado.

 

Nesta segunda-feira, 25 de março, os dados foram atualizados e o número de pescadores que foram atingidos pela fraude já chega a 100 e o caso dever ser relatado ao Ministério Público Federal (MPF). A informação foi confirmada pela Colônia de Pescadores em Santarém, a Z-20.

 

De acordo com a direção da entidade, as investigações apontam que uma quadrilha tenha conseguido uma segunda via do cartão ou da documentação dos pescadores locais e que tenha alterado os endereços para as áreas em que estão sendo sacados. Os saques estão sendo feitos nos estados de Pernambuco, Ceará e Maranhão.

 

Uma fonte do Portal OESTADONET, detalhou que o caso é investigado pela unidade da PF no local dos saques. Mesmo o beneficiário sendo daqui, o inquérito é instaurado pela delegacia onde foi sacado o benefício.

 

Após reuniões com a gerência da Caixa em Santarém, o Ministério da Economia foi notificado, ficou de apurar o caso e apontar uma solução. A Z-20 não descarta a possibilidade de ingressar com uma ação judicial para garantir o ressarcimento dos pescadores vitimados.


  • Imprimir
  • E-mail