Dengue
Vox interno
churrascaria interno

Testes rápidos, durante carnaval, atestam 11 casos de sífilis e um de HIV

Agência Santarém de Notícias - 06/03/2019

A coordenadora do CTA, Ana Lúcia Ferreira informou que durante o carnaval 2019 foram realizados 2.046 testes de HIV, sífilis e hepatites B e C. Destes, foram detectados 11 novos casos de sífilis, 1 caso de hepatite C e mais 1 caso de HIV.

 

Com esse novo caso de HIV, aumenta para 32 o número de portadores do vírus em Santarém, neste início de 2019 (de janeiro até 5 de março de 2019). "O CTA vem intensificando as ações de orientação e combate ao HIV em Santarém, por meio de ações efetivas de promoção, prevenção e proteção através das campanhas e atividades estratégicas e extramuros firmadas entre o serviço especializado e a atenção básica de saúde em nosso município", destaca Ana Lúcia.

 

 

Foram ainda distribuídos 22.600 preservativos masculinos e 600 femininos, além de 2.500 sachês de gel lubrificante. "Nossa intenção foi garantir a proteção dos brincantes, sempre fortalecendo a conscientização e as práticas seguras, diminuindo assim as infecções sexualmente transmissíveis, bem como a ocorrência de novos casos de HIV na cidade", afirma a coordenadora do CTA.

 

De acordo com ela, o CTA possui Profilaxia Pós Exposição (PEP), ou seja, se por acaso venha ocorrer sexo sem proteção, a pessoa pode procurar o CTA/SAE de Santarém ou ao Hospital Municipal no prazo de até 72 horas para realizar a PEP (Profilaxia Pós Exposição), com objetivo de redução de danos.

 

A PEP é uma ação de prevenção da doença disponibilizada desde 2018 pelo Ministério da Saúde. A terapia está disponível em 109 serviços de 90 municípios em 22 Estados e no Distrito Federal. Santarém é um desses municípios. Desde a implantação da prevenção, cerca de oito mil pessoas já fizeram uso da prevenção ao menos uma vez. Atualmente, mais de seis mil pessoas fazem uso da PEP.


  • Imprimir
  • E-mail