pms maio
Camarão no pão
Banpará

Levantamento da Defesa Civil aponta 480 casas e 1800 pessoas em área de risco no município de Monte Alegre

Weldon Luciano - 23/02/2019

Um levantamento feito pela Defesa Civil de Monte Alegre, oeste do Pará, apontou que 480 casas e aproximadamente 1800 pessoas estão situadas em oito áreas de risco. A previsão do órgão é que e as chuvas continuarem e o rio prosseguir subindo a níveis próximos dos registrados em 2009, a situação destas pessoas pode se agravar.  

 

“Esse mapeamento e monitoramento dessas áreas de risco e o contato com os moradores das regiões afetadas faz parte do nossos plano de ação para dar maior suporte a essas famílias e encaminharmos as providências necessárias”, ressalta Leomar Araújo, coordenador da Defesa Civil em Monte Alegre.  

Segundo os dados coletados pela equipe, os bairros Planalto, Pajuçara, Terra Amarela e Curaxi sofrem com a incidência de enxurradas e alagamentos. Os bairros Curitanfan, Cidade Baixa, Papagaio, Camarazinho e Surubeju sofrem com a cheia do rio Gurupatuba. Os deslizamentos de encosta fazem parte do risco para moradores dos bairros Serra Oriental e Ocidental.

 

Medição do Rio Gurupatuba

 

A Defesa Civil local vem encontrando dificuldades para fazer a medição. A régua que existia no Terminal Hidroviário da Cidade foi removida e a prefeitura alegou que outra está sendo providenciada e a previsão é de que as medições normalizem até a próxima semana. Mesmo assim os técnicos continuam verificando diariamente a situação utilizando técnicas de observação. A estimativa é de que o Rio Gurupatuba esteja acima de 1 metro do que foi medido no mesmo período no ano passado, mais ainda está abaixo do que foi registrado em 2009.  

 


  • Imprimir
  • E-mail