Dengue
Vox interno
churrascaria interno

Sindicato propõe calendário de escolas municipais com apenas 5 sábados letivos, começando a partir de 18 de fevereiro

Weldon Luciano - 05/01/2019

Alunos em sala de aula da rede municipal de educação de Santarém. Foto: Agência Santarém de Notícias -

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) encerrou o ano letivo 2018 em 28 de dezembro, mas o calendário para o próximo ano está em construção, e ainda não há como antecipar a data de retorno das aulas em 2019. Geralmente, ele é elaborado por meio de um acordo entre o Sindicato do Profissionais da Educação em Santarém (Sinprosan) e Prefeitura. A proposta do sindicato apresentada aos gestores pelos educadores prevê um calendário com apenas 5 sábados letivos iniciando entre os dias 18 e 20 de fevereiro. A Semed deve emitir um comunicado nos próximos dias sobre o assunto.

 

Segundo apurou a reportagem do Portal OESTADONET, a preocupação do sindicato é de que o calendário iniciando em uma data posterior a 20 de fevereiro, ocasione um número maior de sábados letivos para que sejam cumpridos os 200 dias obrigatórios. Consequentemente, isto traria uma grande quantidade de aulas ocorrendo aos sábados e os professores estão preocupados com o rendimento. Muitos alegam que excessivas aulas durante os finais de semana desmotivam os alunos que ficam muito dispersos.

 

De acordo com a Semed este calendário servirá para nortear as atividade de mais de 63 mil alunos das zonas Urbana, Rios e Planalto, totalizando 411 escolas.

 

Segundo a Agência Santarém de Notícias,  "para quem irá matricular o filho em outra escola neste ano de 2019 ou se o filho estiver iniciando a vida escolar, deve ficar atento por que o período oficial para matrículas é de 14 a 18 de janeiro. O período ainda não tem previsão de prorrogação."

 

Para as 58 escolas da rede municipal localizadas na zona urbana estão sendo ofertadas 3.016 vagas. Na área da educação infantil estão sendo disponibilizadas 1.520 vagas para as 36 unidades.

 

 

Rede estadual

 

Na rede estadual, o calendário de 2018 também encerrou no dia 28 de dezembro. Entre os dias 2 e 18 de janeiro ocorre a recuperação. De acordo com a 5ª URE, os 4 dias de paralisação realizados em Santarém durante o estado de greve dos professores já foram repostos em sábados ao longo do ano. A previsão do início do calendário de 2019  é para o dia de fevereiro.

 

Ainda segundo dados fornecidos pela Seduc, a rede estadual no município possui 50 unidades educacionais, levando em conta as escolas e os anexos, ou seja extensões dos educandários na zona rural, reunindo um total de 30 mil alunos, dos quais 80% são do ensino médio e o restante do ensino fundamental. 


  • Imprimir
  • E-mail