Violência interno
Pro refis

Dinheiro de bens leiloados de Reginaldo Campos começa a ser repassado para uso em saúde pública

Weldon Luciano - 05/12/2018

Casa e terreno que pertenciam ao ex-vereador Reginaldo Campos têm novos donos -

Em decisão proferida pelo Juiz titular da 1ª Vara Criminal de Santarém, Alexandre Rizzi, os valores referentes ao leilão dos bens do ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal devem ser repassados ao poder público, conforme o acordo estabelecido. Segundo o despacho do magistrado, o valor arrecadado de entrada, R$ 47 mil referente ao terreno e R$ 138 mil referente a casa devem ser transferidos para uma conta no Banco do Estado (Banpará) e repassado ao poder público municipal que se comprometeu a investir o recurso na saúde pública.

O terreno, avaliado em R$ 222 mil, acabou arrematado foi arrematado pelo valor de R$ 190 mil, sendo pago inicialmente o valor de entrada (R$ 47 mil) e o restante pagos em parcelas. A casa, avaliada em R$ 976 mil, foi arrematada por R$ 600. O processo é o mesmo, onde foi aceita a entrada (R$ 138 mil) e o restante em parcelas. Wilson Soares de Oliveira e Ednei de Jesus da Silva são os respectivos novos proprietários.  

Os imóveis de Reginaldo Campos, que cumpre pena de reclusão após fazer acordo de delação premiada no processo relativo à operação Perfuga, que desbaratou um esquema criminoso durante sua gestão na mesa diretora do legislativo santareno, foram a leilão. De acordo com a colaboração premiada, ficou definido que o réu devolvesse o valor arrecadado com os imóveis como forma de compensação aos danos causados ao erário público. Além disso, cumprirá pena de dois anos e meio em regime fechado, dois anos em prisão domiciliar e o restante em regime aberto. Os imóveis em questão estão localizados no Condomínio Tapajós Royal Ville na Avenida Fernando Guilhon, bairro Elcione Barbalho, nas proximidades do Shopping Rio Tapajós.


  • Imprimir
  • E-mail