Violência interno
Pro refis

Governo lança editais dos concursos do Detran e Seaster com mais de 100 vagas

Agência Pará - 21/11/2018

Dando continuidade aos compromissos firmados com o Ministério Público Estadual, de acordo com os Termos de Ajustamento, o Governo do Estado, por meio da  Secretaria de Estado de Administração (Sead), publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (21), os editais de abertura dos concursos públicos para o Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) e da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). Os certames serão organizados pela Fundação Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) e pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), respectivamente, ofertam mais de 100 vagas e visam preencher cargos de nível médio e superior nos dois órgãos. 

O Detran oferece 100 vagas para nível médio, sendo 66 pra o cargo de agente de fiscalização de trânsito e 34 para agente de educação de trânsito. As inscrições serão feitas exclusivamente no endereço eletrônico www.portalfadesp.org.br, entre 10h do dia 27 de novembro e 23h59 do dia 20 de dezembro, com taxa de R$ 35 (trinta e cinco reais) para os dois cargos.

Para concorrer as vagas o candidato deverá ter o ensino médio ou equivalente completo. O cargo de agente de fiscalização de trânsito exige ainda Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no mínimo A e B, com efetiva habilitação de dois anos. As remunerações são de R$ 2.191,52 (dois mil cento e noventa e um reais e ciquenta e dois centavos), com 30 horas semanais de trabalho para ambas as atividades.

A seleção para agente de fiscalização de trânsito será composta de seis etapas; avaliação de conhecimentos, com provas objetiva e discursiva; avaliação médica; teste de capacidade física; avaliação psicológica; entrega de certidão negativa da vara de execução criminal e Curso de Formação (sob a responsabilidade exclusiva do Detran PA). Já o certame para o cargo de agente de educação de trânsito terá uma única etapa, avaliação de conhecimentos, com provas objetiva e discursiva. A aplicação das provas objetivas e discursivas para todos os cargos está prevista para o dia 10 de fevereiro de 2019, em Belém.

"Este é mais um dos compromissos firmados durante a nossa gestão que, vai muito além de novos postos avançados, reformas, fiscalização inteligente e  novas tecnologias. O concurso reforça o nosso trabalho em trazer melhorias para os usuários e para toda a população paraense", afirmou a diretora-geral do Detran, Andréa Hass

Seaster - A Seaster oferta nove vagas para os níveis médio e superior. Quatro vagas são para o cargo efetivo de técnico de enfermagem e outras cinco vagas divididas entre cargos de nível superior, sendo duas para enfermagem e três para técnico em gestão de assistência social: duas na formação de psicologia e uma na formação de serviço social. As inscrições poderão ser feitas no site da organizadora do concurso, www.iades.com.br, entre 8h do dia 26 de novembro e 23h59 do dia 20 de dezembro, nos valores de R$ 45 (quarenta e cinco reais), para os cargos de nível superior; e R$ 36,00 (trinta e seis reais), para os cargos de nível médio.

O cargo de técnico em enfermagem requer do candidato certificado de conclusão de curso de ensino médio acrescido do Curso Técnico de Enfermagem, tem carga horária de 30 horas semanais e remuneração inicial de R$ 1.065,11 (mil e sessenta e cinco reais e onze centavos). Os cargos de nível superior exigem diploma e inscrição no órgão de classe, todos tem carga horária de 30 horas semanais e remunerações que variam de R$ 2.809,37 (dois mil oitocentos e nove reais e trinta e sete centavos) a R$ 3.345,14 (três mil trezentos e quarenta e cinco reais e quatorze centavos). 

O concurso público será realizado em três etapas: prova objetiva; prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, e avaliação de títulos, de caráter meramente classificatório, para os cargos de nível superior. A aplicação das provas objetiva e discursiva tem previsão para ser realizada na data de 17 de fevereiro de 2019, em Belém.

Para se inscrever nos concursos, o candidato deve ser brasileiro ou poruguês com idade mínima de 18 anos; ter concluído os ensinos médio ou superior até a data da inscrição; estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (para os homens); gozar de saúde física e mental; e não ter antecedentes criminais.

 

Texto:  Luciana Benicio


  • Imprimir
  • E-mail