Violência interno
Pro refis

Hemopa convoca doadores com sangue B negativo; Cirurgias dependem de elevação de estoque

Weldon Luciano - 19/11/2018

Anaídes Silva, assistente social do Hemopa Santarém -

A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) convoca doadores que tenham o tipo sanguíneo B negativo a efetuarem uma doação. Atualmente, o estoque está zerado, ou seja, não há nenhuma bolsa disponível. O sangue é fundamental para o tratamento de muitos pacientes e caso alguém precise de bolsas será necessário fazer uma solicitação para a unidade da capital e até mesmo cirurgias podem deixar de ser feitas.

“Estamos realmente com o estoque zerado. A gente convoca os doadores para que compareçam e até mesmo aqueles que não são para que venham até o hemocentro. Essa situação está nos preocupando muito porque temos pacientes que precisam. Se ocorrer alguma emergência para este tipo, vamos ter que recorrer à Belém”, ressalta Anaídes Silva, assistente social do Hemopa em Santarém.

Segundo a Instituição, os grupos de sangue de fator RH negativo são os que mais necessitam de doação. Além do B negativo, o tipo O negativo também sofre com a escassez. Ainda há algumas bolsas, mas o estoque também pode zerar nos próximos dias.

 

Situação do Hospital Regional

 

Conforme apurou a reportagem, uma cirurgia, dependendo da natureza, requer um estoque mínimo de bolsas de sangue. No Hospital Regional do Baixo Amazonas, por exemplo, o paciente só vai para a sala de cirurgia quando há a quantidade de sangue necessária e uma reserva técnica. Indagado sobre a situação atual do estoque de sangue, a direção do HRBA confirmou que a realização de cirurgias eletivas está condicionada ao estoque necessário de bolsas de sangue, conduta que garante a segurança do procedimento.

Em 2017, o hospital utilizou cerca de 400 bolsas de sangue por mês. Neste ano, a média mensal utilizada nos procedimentos de alta complexidade é de 500 bolsas. Para cada cirurgia cardíaca, por exemplo, são reservadas até 15 bolsas de sangue. Se hoje, um paciente com o RH negativo precisasse de sangue durante o um procedimento, haveria o risco de não ser realizado devido ao estoque baixo.

Dia nacional do doador de sangue

O Hemopa ressalta ainda que o fim de ano é o período em que se registram os menores índices de doações, o que está deixando os depósitos ainda menores. Para reverter o quadro, será realizada uma campanha que vai do dia 19 ao dia 23 de novembro, alusiva ao dia nacional do doador de sangue, comemorado no dia 25 de novembro.    

“Temos uma campanha que será alusiva ao doador de sangue. Ela tem o objetivo de parabenizar os doadores, conscientizar outras pessoas a serem doadoras e garantir o estoque do mês de dezembro. Nos finais de ano, a gente percebe uma queda no número de doações e precisamos nos antecipar para garantir que não falte sangue para quem precisar”  


  • Imprimir
  • E-mail