banpara LCI julho 2024
Verão julho

Santarém tem a décima cota do ICMS do Pará; municípios mineradores recebem os maiores repasses

Portal OESTADONET - 04/07/2024

 

 

A Secretaria de Estado da Fazenda(SEFA) divulgou nesta quita-feira(4) o  valor da Quota Parte do ICMS aos Municípios, referente ao período de 01 a 30 de junho de 2024.

 

Parauapebas ficou com a maior cota: R$ 67.582.293,45, seguido de Canaã dos Carajás, com R$ 52.136.196,00. Belém está em terceiro no ranking do ICMS com R$ 39.845.231,84.

 

A lista é completada com municípos que sediam projetos de exploração mineral, a exemplo de PAraupebas e Cannã: Marabá ( R$ 22.124.762,71), Barcarena ( R$ 13.326.786,85), Tucuruí (R$ 12.432.958,55), e Vitória do Xingu ( R$ 11.927.543,27).

 

Em nona posição aparece Ananindeua ( R$ 11.630.046,12).

 

Dos municípios da região oeste do Pará, Santarém ( décimo no estado) aparece em primeiro, muito próximo a Itaituba ( decimo-primeiro) no ranking estadual, em segundo, com cota acima de R$ 9 milhões do ICMS. Curuá terá o menor repasse este mês: cerca de 810 mil reais.

 

Confira:

SANTARÉM R$  9.925.473,15

ITAITUBA  R$  9.165.194,89

ORIXIMINÁ  R$  5.795.625,30

JACAREACANGA  R$   5.434.667,00

ALMERIM   R$ 3.804.800,70

NOVO PROGRESSO  R$   3.163.841,02

JURUTI  R$   2.968.932,57

ÓBIDOS  R$  1.879.176,56

ALENQUER   R$ 1.830.546,20

MONTE ALEGRE  R$  1.782.263,54

TERRA SANTA  R$  1.760.109,03

URUARÁ  R$ 1.711.916,20

BELTERRA  R$  1.549.195,23

AVEIRO  R$  1.437.856,51

MOJUÍ DOS CAMPOS   R$  1.326.751,85

PRAINHA  R$  1.437.165,50

RURÓPOLIS R$ 1.399.714,13

TRAIRÃO  R$  1.246.308,42

PLACAS  R$   1.217.221,01

CURUÁ  R$  810.284,80




  • Imprimir
  • E-mail