Banpara energia solar


Ritual e hino nacional cantado na língua Nheengatu abriram Semana dos Povos Indígenas, em Santarém(PA)

PORTAL OESTADONET, com informações da PMS - 16/04/2024

Créditos: Divulgação/PMS

Coordenado pela Divisão de Educação Escolar Indígena (DEEI) da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) foi iniciado nesta segunda-feira e seguirá até 19 de abril, com programação e reflexão do tema nas escolas da rede municipal a Semana dos Povos Indígenas. O município de Santarém conta com 112 aldeias e 59 escolas indígenas divididas em polos. Destas, 17 (polos) estão participando.

 

O objetivo é fortalecer a luta dos povos indígenas pela demarcação dos territórios que se estende em nível nacional, ressaltando que essa demarcação é essencial na preservação de todos os biomas do país, na luta contra o genocídio dos povos originários e na manutenção da democracia brasileira.

 

Um ritual indígena abriu a programação, que teve o hino nacional cantado na língua Nheengatu pela aluna Emanuelle Saron Matos, da Escola Municipal Nossa Senhora das Graças, da Aldeia Solimões, rio Tapajós.

 

Houve, também, exposição de artesanatos, apresentações de danças e trabalhos de alunos realizados nas escolas, apresentações culturais e demonstração da culinária indígena. Durante todo o dia, alunos das escolas urbanas estarão se revezando em visita ao local para conhecer os stands e um pouco da cultura indígena.

 

Professora Marineia Amaral Costa, da educação infantil, turma do Pré II A, do Cemei Indígena Profa. Marilda Borari, em Alter do Chão desenvolveu um trabalho utilizando a argila como forma de despertar a arte sensorial das crianças.