BANPARÁ BIO 2
Alfabetiza junho

Começa coleta de água nas praias de Santarém para estudo de balneabilidade

Sílvia Vieira, Repórter de OEstadoNet - 01/12/2015

O último domingo (28/11) foi de muito trabalho para técnicos do Instituto de Ciência e Tecnologia das Águas – ICTA da Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará) com a primeira coleta de água das praias de Alter do Chão, Ponta de Pedras, Pajuçara e Maracanã, para o estudo de balneabilidade encomendado pela Prefeitura Municipal de Santarém, conforme revelou com exclusividade o portal OEstadoNet.

De acordo com o professor Reinaldo Peleja, do ICTA, que coordena os trabalhos, o processo de coleta está sendo acompanhado por um técnico do Ministério Público Estadual e o resultado desse estudo deve ser conhecido na primeira quinzena de janeiro de 2016.

As coletas prosseguirão até 27 de dezembro porque o laboratório de Biologia Ambiental, da Ufopa, precisa de amostras de cinco coletas realizadas uma a cada semana, como determina a Resolução 274 do Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente). Após a coleta, o laboratório vai processar a interpretação dos dados para então apresentar suas conclusões.

O primeiro estudo de balneabilidade da água das praias de Alter do Chão foi realizado este ano, no período da enchente. O objetivo da gestão municipal é realizar o estudo duas vezes ao ano, uma na enchente e outra no período de vazante, como está sendo feito agora.

Segundo o professor Reinaldo Peleja, as condições de coleta na vazante são mais favoráveis. “No aspecto visual da praia, sempre no período das águas baixas aqui da região é muito melhor. Não tem chuva, não tem enxurrada, as águas estão mais decantadas, mais transparentes. Em relação a preocupação da população com a qualidade da água, toda essa movimentação serviu também para que a comunidade e os responsáveis pelo acompanhamento ambiental intensificassem a manutenção da praia. Hoje você chega em Alter do Chão e vê que a praia está bem mantida em termos de higienização, coleta de resíduos sólidos, então a nossa expectativa é de que o resultado desse estudo permaneça dentro das condições satisfatórias”, observa.

As praias do Maracanã, Pajuçara e Ponta de Pedras foram escolhidas pela prefeitura de Santarém para integrar o estudo de balneabilidade, por serem as mais frequentadas pelos banhistas de Santarém e região, depois de Alter do Chão.

O estudo de balneabilidade gera informações sobre a qualidade da água para o uso de lazer e recreação. Com base no estudo, o município tem condições de planejar suas ações para garantir a boa qualidade da água ou para corrigir problemas que porventura estejam causando poluição.

Microssistemas

Em 2016, o município de Santarém vai começar um estudo para gerar relatório sobre a qualidade das águas dos microssistemas rurais.

Esse estudo vai pesquisar a potabilidade que é análise daquela água que o ser humano usa para suas necessidades imediatas, ou seja, para matar sua sede, preparar alimentos, para higiene pessoal, etc.




  • Imprimir
  • E-mail