BANPARÁ BIO 2
Alfabetiza junho

Tapajós é a meta do Plano Municipal de Turismo de Santarém

Sílvia Vieira, Repórter de O Estado do Tapajós - 26/06/2015

Apresentação do plano municipal de turismo, no auditório da ACES -

O rio Tapajós é a grande aposta do Plano Municipal de Desenvolvimento do Turismo de Santarém, lançado oficialmente na manhã desta quinta-feira (25), pela Prefeitura de Santarém, no auditório da Aces. O evento reuniu o trade turístico, autoridades, representantes de instituições bancárias, cadeias produtivas, Sebrae e Sistema OCB.

Anete Ferreira, consultora da Chias Marketing, que participou de todas as etapas da elaboração do plano denominado “Tapajós – Amazônia Espetacular”, disse que o nome Tapajós não foi escolhido à toa, é uma referência ao grande potencial que o município tem para explorar o turismo a partir do rio.

“É um plano que começa em processo de implantação, o que representa um salto de qualidade. Já temos ações de qualificação acontecendo através do PEQTur há alguns anos, que trabalha com o pessoal da ponta para proporcionar maior bem estar um atendimento de qualidade ao turista. O que faz um turista querer voltar a determinado destino e indicar aquele lugar para outras pessoas visitarem, é o acolhimento que ele teve durante toda a sua estada. Desenvolvendo a atividade turística, a gente tem possibilidade de melhorar a qualidade de vida de quem mora aqui”, explicou Anete.

Presente ao lançamento do plano, o diretor da Chias Marketing, Aristides Cury, destacou que a empresa é especialista em desenvolver planos de desenvolvimento do turismo no mundo inteiro e que princípio do plano do município de Santarém é envolver a sociedade civil organizada. “Não é um plano do prefeito ou da Associação Comercial, é um plano da sociedade civil organizada. O plano dá uma visão do que nós queremos para daqui a dez anos, como nós vamos fazer para chegar lá, com o objetivo de sermos os mais competitivos possíveis nessa guerra para trazer o turista para a nossa região, porque cada um quer levar o turista para a sua própria região. O que nós temos aqui e que nos torna únicos no mundo é a Amazônia, é a floresta, é o rio Tapajós”, frisou.

Para o prefeito Alexandre Von, é o plano de desenvolvimento do turismo de Santarém é o primeiro instrumento com propostas, projetos, programas e ações institucionais com um horizonte de dez anos com vistas à promoção de desenvolvimento sustentável no município.

“A minha expectativa é que fato a gente avance, a gente estruture os municípios de Santarém e Belterra, a gente qualifique a oferta do turismo, a gente insira mais empreendedores e mais pessoas na cadeia do turismo, e que o resultado de tudo isso seja mais ocupação, mais trabalho, mais renda, mais desenvolvimento no turismo de Santarém e de Belterra”, declarou Von.

Joy Colares, secretário adjunto de Turismo do Estado do Pará, disse que Santarém já sai na frente da capital Belém, que ainda não tem seu plano municipal de turismo, nem indicação para a construção desse instrumento. Segundo ele, a construção dos planos de desenvolvimento do turismo de Santarém e Belterram significa que o estado acredita o segmento do turismo tem condições efetivas de gerar renda e emprego no Estado.

“Nós somos um destino, temos potencial de receber turistas aqui na nossa região em função da natureza que nos privilegiou, por isso nosso slogan: Obra prima da Amazônia. Então sabemos que um incentivo do governo, através da contratação dessas consultorias ativa a parceria do Estado, do empresário, fazendo os investimentos necessários dos equipamentos e atividades do turismo. Assim, nós vamos juntar infraestrutura e iniciativa privada para atrair os turistas que nós precisamos para o estado do Pará”, concluiu Joy Colares.




  • Imprimir
  • E-mail