Banpara energia solar


UFPA e ProfLetras abrem inscrições para debater a educação básica na Panamazônia

Kid dos Reis - 02/05/2024

Equipe Profletras em Brasília - Créditos: Arquivo/John Lennon

A Universidade Federal do Pará sediará, de 24 a 27 de setembro deste ano, em Belém, o 1º Congresso Panamazônico dos Professores de Língua e Literaturas da Educação Básica (1º Cllimaz) e o 2º Encontro dos Egressos do ProfLetras da Universidade Federal do Pará (2º Letrasvivaz), no Centro de Convenções Benedito Nunes. O evento é promovido, também, pelo Instituto de Letras e Comunicação da Universidade Federal do Pará (ILC-UFPA) e pela Coordenação do Programa de Mestrado Profissional em Rede Nacional (ProfLetras Unidade-UFPA), com apoio da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). As inscrições podem ser feitas pelo site www.cllimaz.ufpa.br .

 

A expectativa é de reunir em torno de mil professores e professoras da educação básica e superior para capacitar, estimular e discutir o ensino de língua, linguagem e literaturas como ações de valorização humana dos sujeitos e de suas espacialidades na panamazônia. O foco é debater, horizontalmente, as relações educacionais com a ecologia, sustentabilidade, inclusão social, étnica, cultural, artística e escolar para combater as desigualdades regionais num momento que o Pará sedia a COP-30.


O professor Marcos Cunha, presidente do 1º Congresso Panamazônico e integrante do Conselho Gestor do ProfLetras Nacional - Região Norte – informa que os dados do Censo Escolar 2023, divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, revelaram que o Brasil possui 47,3 milhões de discentes no ensino fundamental e médio distribuídos em 178,5 mil escolas. “A educação básica é uma das ferramentas estratégicas para assegurar a formação consciente das novas e das futuras gerações sobre as relações educacionais e os modelos de exploração da natureza, o consumo cotidiano e os seus efeitos sobre o meio ambiente, além de defender a sustentabilidade do planeta e da sociedade”, enfatiza.




  • Imprimir
  • E-mail