Banpara energia solar


Cosanpa faz mais de 1.500 atendimentos em Santarém para descontos na conta de água de famílias de baixa renda

Portal OESTADONET, com informações da Cosanpa - 29/04/2024

Atendimento a usuários da Cosanpa em Santarém - Créditos: Divulgação/Cosanpa

 

A caravana do programa Água Pará encerrou, neste domingo (28), a passagem pelo município de Santarém, na região do Baixo Amazonas. Durante os quatro dias da ação, mais de 1.500 famílias buscaram atendimentos para cadastro, atualização ou reinserção no programa que garante o custeio, no período de dois anos, de até 20 metros cúbicos (20 mil litros de água), de famílias de baixa renda.

 

Realizada no barracão comunitário do bairro Livramento, a ação atendeu clientes da Cosanpa, de todos os bairros da cidade.

 

Coordenador operacional do "Água Pará", Robson Querino destacou os resultados da caravana em Santarém. "Nós estamos em Santarém desde o dia 24. Também passamos por Itaituba e nos dois locais estamos tendo um retorno muito grande para a ação. A nossa meta em Santarém era chegarmos a 1.500 clientes. Até o último sábado já tínhamos cadastrado mais de 1.100 clientes e pelo volume de pessoas deste último dia, certamente superamos este número", ressaltou Robson.

 

Além de novos cadastros, a caravana é uma oportunidade para que os beneficiários mantenham a inscrição no programa.

 

O programa


Operacionalizado pela Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) e gerenciado pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), o programa já beneficiou cerca de um milhão de pessoas com o pagamento das contas de água de famílias. O foco são as unidades residenciais com registro de consumo médio mensal de até 20 metros cúbicos (20 mil litros de água). O valor total investido pelo governo do Estado se aproxima de R$ 600 milhões.

 

Cadastro


Para ser beneficiado é necessário estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico), e o registro da conta de água com a mesma titularidade do CPF. Para as famílias que têm registro no CadÚnico e são clientes da Cosanpa, basta comparecer a um dos polos de atendimentos da Companhia, com os seguintes documentos: originais e cópias do RG e CPF, uma conta da Cosanpa, comprovante de residência, cartão do Programa Bolsa Família ou resumo do CadÚnico. O consumo excedente aos 20 metros cúbicos garantidos pelo programa é pago pelo consumidor.

 

Com informações de Meliny Campos / Ascom Cosanpa




  • Imprimir
  • E-mail