Banpara recupera crédito


Fórum discute criação da nova universidade do oeste e sudoeste do Pará, em Santarém

Portal OESTADONET - 12/04/2024

Reunião realizada no auditório do campus da UEPA, em Santarém, contou com a presença do prefeito Nélio e da deputada Maria do Carmo - Créditos: Reprodução/Redes Sociais

    
Aconteceu nesta sexta-feira (12) o primeiro fórum de discussão sobre a criação da Universidade Estadual do Oeste e Sudoeste do Pará. O evento contou com a participação do prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, da deputada estadual Maria do Carmo Martins, do ex-secretário regional de governo José Maria Tapajós, prefeitos, vereadores, a comunidade acadêmica e diversos profissionais da área da educação. 

 

Em setembro do ano passado, a Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), aprovou um projeto de lei que cria a nova universidade, que será um desmembramento da Universidade do Estado do Pará (Uepa). A proposta visa a integração e o fortalecimento do ensino na Amazônia. 

 

Esse foi fórum de debate sobre a criação da nova unidade. No Pará, existem 21 campi da Uepa, além de 32 polos de ensino à distância, 32 cursos com 17 mil alunos. O desmembramento, conforme o projeto de indicação aprovado pela Alepa, garantiria maior autonomia financeira e administrativa à instituição nas demais regiões paraenses. 

 

O prefeito Nélio Aguiar falou ao público e disse que a nova universidade ajudará no desenvolvimento da região, contribuindo significativamente na formação da juventude das regiões oeste e sudoeste do Pará. “É um projeto muito importante e por isso estamos aqui defendendo. Nós sabemos da dimensão territorial do nosso Estado. A Universidade Federal já faz isso. Hoje, nós tempos a Ufopa, temos a Universidade do Sul do Pará. Antes era tudo ligado a Belém. É importante criar essa nova unidade que vai garantir também autonomia financeira, autonomia administrativa nas demais regiões do estado do Pará”, disse o prefeito de Santarém.

 

Nélio Aguiar destacou ainda que a criação da nova instituição de ensino superior vai potencializar ainda mais o trabalho que a Uepa desenvolve em Santarém e em toda a região. 

 

A deputada estadual Maria do Carmo(PT), que participou do fórum como representante da Alepa, disse que a participação da sociedade, da classe política, e o apoio do governador, são fundamentais para consolidar a proposta de desmembramento da Uepa. “Nós vamos precisar dialogar muito com o governador para que ele possa tornar real a proposta legislativa. Então, é muito importante essa audiência pública aqui, ouvir os alunos, ouvir juventude e ouvir a sociedade e que todos possam perceber a importância que isso representa para a nossa região’, disse Maria. 

 

O processo de desmembramento da Uepa para a criação de duas novas universidades já começou. Será uma na região de Carajás e outra na região de Tapajós (oeste do Pará). 

 

Além da Assembleia Legislativa que apoia e inclusive votou pelo projeto de indicação, o próprio governador Helder Barbalho sinalizou apoio à proposta.




  • Imprimir
  • E-mail