Banpara energia solar


Nativos da Amazônia bons em inglês

Lúcio Flávio Pinto - 15/02/2024

 

Os nativos da Amazônia podem acabar falando mais e melhor o inglês do que o português, de alguma forma incorporando a cultura americana mais do que a brasileira. Esse pode ser um efeito do programa Acess Amazon 2024, oferecido pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos, conforme press-release que reproduzo abaixo.

 

A iniciativa, que também visa a formação de lideranças made by USA, pode ser boa e saudável se o governo brasileiro indicar pessoal habilitado para acompanhar o programa e, se conveniente, reproduzi-lo. Lembro da ação do Summer Institute of Linguitics, que teve base em Belém. Pode ter servido a propósitos do governo americano e religioso, mas também fez as melhores traduções de línguas indígenas.

 

Não basta denunciar, se for o caso. Se os gringos fazem isso, devemos fazer mais e melhor.

 

____________

 

A Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil anunciaram, nesta terça-feira (6), os 125 representantes de comunidades tradicionais na Amazônia Legal (jovens indígenas, quilombolas e ribeirinhos) selecionados para participar do programa Access Amazon 2024. A iniciativa conta com participantes de todos os estados da Amazônia Legal e tem como objetivo ensinar inglês básico e expandir o potencial de liderança dos participantes por meio da troca de experiências e práticas.

 

 “O programa Access Amazon 2024 é uma oportunidade para esses jovens líderes fortalecerem suas habilidades e conhecimentos, e ampliarem sua rede de contatos. Com isso, estarão mais preparados para contribuir para o desenvolvimento sustentável da Amazônia," disse Scott Chiverton, diretor do Escritório Regional de Língua Inglesa do governo dos EUA.

 

O programa on-line vai acontecer entre fevereiro de 2024 e julho de 2025. Serão cinco turmas de 25 estudantes com carga horária de 360 horas-aula. Durante as aulas, os alunos irão vivenciar o idioma enquanto compartilham suas experiências e práticas em relação ao meio ambiente e questões da Amazônia, seus povos e culturas.

 

Sobre o programa Access:

 

O programa Access é oferecido pelo Departamento de Estado dos EUA em mais de 86 países. No Brasil, já beneficiou mais de 3 mil participantes desde seu início em 2008. Access Amazon é mais uma iniciativa da parceria entre a Embaixada e os Consulados dos EUA e o Grupo +Unidos.

 

Sobre o Grupo +Unidos: 

 

O Grupo +Unidos é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos. A instituição nasceu em 2008, visando estabelecer a conexão entre empresas, poder público e missão diplomática norte-americana para ampliação de oportunidades para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Trabalhamos há 15 anos fomentando o investimento social privado colaborativo para apoiar iniciativas voltadas à educação, empregabilidade e formação tecnológica com foco no desenvolvimento socioeconômico sustentável. Para saber mais sobre o programa, acesse: https://www.maisunidos.org




  • Imprimir
  • E-mail