Alfabetiza junho

Em ranking universitário, UFOPA aparece à frente da Unifesspa e UNAMA; instituição federal com sede em Santarém subiu em ensino e pesquisa, e caiu em mercado

Portal OESTADONET - 13/11/2023

O jornal Folha de São Paulo divulgou nesta segunda-feira (13) o ranking das melhores universidades públicas e privadas do Brasil. De acordo com o Ranking Universitário da Folha (RUF), a Universidade Federal do Oeste do Pará( UFOPA), com sede em Santarém, e campi universitários em seis municípios da região oeste do Pará, ocupa posição mediana entre as instituições públicas localizadas no estado,  ficando na 135ª posição, no geral.

 

CONFIRA O RANKING AQUI

 

O RUF paraense é encabeçado pela Universidade Federal do Pará (UFPA), na 29ª posição, entre as 30 melhores instituições do país. Além dela, aparecem na lista a Universidade do Estado do Pará (119ª), Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) (129ª), Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) (135ª), Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA) (160ª) e Universidade da Amazônia (UNAMA) (165ª). 

 

Em relação à UFOPA, a instituição foi ranqueada em 2019, última edição do RUF, também na 135ª posição com 33,84 pontos. Aumentou a pontuação, mas não subiu no ranking. Em 2017, por exemplo, a Ufopa estava na 136ª posição com 34,63 pontos.

 

Este ano, o desempenho da UFOPA melhorou em relação à qualidade do ensino, investimentos em pesquisa, inovação e internacionalização que tiveram notas superiores ao ranking de 2019.


 

No ensino, a instituição alcançou nota 8,21, enquanto que em pesquisa chegou a 25,01. Já no quesito mercado a Ufopa não pontuou, enquanto que inovação obteve nota 1,70 e  internacionalização 2,67. 

 

Em 2019, os números foram esses: ensino 7,25, pesquisa 22,06, mercado 0,38, inovação 1,11 e internacionalização 3,04.

 

Desde 2012, a iniciativa classifica as melhores universidades e cursos.

 

 

A nona edição do RUF traz uma avaliação inédita de 203 universidades ativas públicas e privadas e dos mais 18 mil cursos presenciais oferecidos nas 40 carreiras de maior demanda do país. A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente, no RUF 2023. 

 

Utilizando dados nacionais e internacionais, além de pesquisas de opinião em cinco aspectos: pesquisa, ensino, mercado, inovação e internacionalização, o RUF classifica e pontua as melhores instituições de ensino superior do país.

 

A UFPA está entre as 30 melhores universidades do país alcançando notas expressivas nos quesitos pesquisa, mercado, inovação, ensino e internacionalização com 80,46 pontos no geral.

 

A Uepa que ficou na 119ª posição alcançou 42,38 pontos, enquanto que a Ufra na 129ª posição chegou a 40,06 pontos. A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), que é apenas a 135ª no ranking obteve 37,59 pontos. A Unifesspa alcançou 32,11 pontos e a Unama apenas 30,83 pontos.




  • Imprimir
  • E-mail