pms fev 2024 exploração sexual
rec cartão afinidade Banpará fevereiro interno

Parauapebas tem o dobro do ICMS de Belém; Santarém está na décima posição entre os municípios paraenses

Lúcio Flávio Pinto - 06/10/2023

Belém, a capital do Pará, teve direito a 41,7 milhões de reais da cota-parte do ICMS distribuída no mês passado aos municípios. Parauapebas, no sul do Estado, ficou com mais do que o dobro: R$ 88,8 milhões. Canaã dos Carajás, na vizinhança, recebeu 70% a mais do que Belém: R$ 71,7 milhões. [Santarém se mantém na décima posição. Veja no final]

 

Parauapebas e Canaã, os principais municípios da província mineral de Carajás, absorveram mais d R$ 160 milhões, um terço do total do ICMS, R$ 487 milhões que foram arrecadados e destinados aos municípios. Os outros 142 municípios tiveram que se ajeitar com os R$ 327 milhões que lhes couberam. Os 13 municípios mais bem aquinhoados, incluindo Parauapebas e Canaã, ficaram com R$ 296 milhões. Aos outros 131 municípios foram destinados R$ 190 milhões.

 

Os municípios com melhor parte depois dos três líderes foram:

 

-Marabá R$ 26,1 milhões

-Barcarena R$ 15,3 milhões

-Tucuruí R$ 11,9 milhões

-Ananindeua R$ 11,3 milhões

-Vitória do Xingu, R$ 10,6 milhões

-Itaituba R$ 9,3 milhões

-Santarém, R$ 8,5 milhões

-Castanhal R$ 8,2 milhões

-Paragominas R$ 7,3 milhões

-Altamira R$ 6,6 milhões




  • Imprimir
  • E-mail