pms fev 2024 exploração sexual
rec cartão afinidade Banpará fevereiro interno

Pará já registra 20% de redução nos crimes violentos letais

Agência Pará - 02/08/2023

Atuação ampla e integrada das forças de segurança garantiu a preservação de mais de 40 vidas em julho deste ano.

 

O Pará permanece reduzindo os indicadores de criminalidade, conforme apontam os dados consolidados e divulgados na última terça-feira (1º) pela Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). Segundo os números apresentados, o mês de julho de 2023 alcançou a redução de 20,47% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) ( homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte) em comparação com o mesmo período de 2022, ao computarem respectivamente, 171 e 215 casos de CVLI.

 

A queda representa a preservação de 44 vidas em todo o estado. Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) reúnem casos de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte.

 

"O mês de julho fechou com 20% de redução na criminalidade, e no acumulado dos sete meses do ano de 2023, com 16% em queda se comparado a 2022. Tudo isso se deve às ações integradas dos órgãos de segurança pública do estado, que atuam em conjunto com os órgãos federais e municipais, que são nossos parceiros, para que a gente possa cada vez mais entender aquilo que funciona em um local, as estratégias para o restante do estado com o apoio desses órgãos, e assim reforçar a integração, praticá-la e levar equipamentos, investimentos para que a nossa tropa possa trabalhar e oferecer o melhor à sociedade", afirmou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Ualame Machado.

 

Maior redução - A constatação de redução no número de Crimes Violentos Letais Intencionais também foi alcançada no acumulado dos primeiros sete meses de 2023, tendo queda de 16% no comparativo com o mesmo período de 2022, segundo a análise da Siac.

 

Em números absolutos, foram computados 1.384 casos em 2022, enquanto que em 2023, foram 1.163 ocorrências registradas em todo o estado, preservando assim 221 vidas paraenses.

 

Homicídios em queda - Outros números que apresentaram redução de 20% foram os casos de homicídios registrados no mês de julho deste ano, se comparado ao ano anterior. Foram computados 41 casos a menos, ao serem registradas 206 ocorrências em 2022, e 165 em julho de 2023.

 

No acumulado dos primeiros sete meses do ano, o crime teve redução de 16%, ao registrar, nos anos de 2022 e 2023, respectivamente, 1.319 e 1.110 delitos de homicídio em todo o estado.

 

Investimentos - Os resultados obtidos a partir das ações desenvolvidas pelas forças de segurança são atribuídos também aos investimentos que o Estado tem realizado, seja em pessoal, por meio dos concursos públicos, aumentando assim o número de agentes de segurança, quanto aos equipamentos de alta tecnologia e as qualificações para atuação dos agentes, como pontua o titular da Segup.

 

"Todos os resultados apresentados são fruto da integração, de um forte investimento e o trabalho também focado na inteligência para que nossas ações sejam ainda mais eficazes. Seguimos avançando cada vez mais nas ações de segurança pública, trazendo tranquilidade à população", concluiu Ualame Machado.




  • Imprimir
  • E-mail