pms fev 2024 exploração sexual
rec cartão afinidade Banpará fevereiro interno

Ministro da Agricultura anuncia linha de crédito de R$ 2 bilhões junto ao BID para financiar produção agrícola no Pará

Portal OESTADONET - 28/06/2023

Créditos: Reprodução/TV Brasil

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Carlos Fávaro, durante uma entrevista concedida ao programa ‘Bom Dia, Ministro’, na última quarta-feira (28), anunciou a que a pasta tem uma linha de crédito aprovada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de U$ 400 milhões (cerca de R$ 2 bilhões), destinados a programas de produção agrícola e pecuária sustentável para o Norte do país, em especial, no estado do Pará. 

 

Fávaro respondia perguntas de jornalistas sobre o lançamento do Plano Safra 2023/2024 e ao ser questionado pelo jornalista João Paulo Seabra, da Rádio Cultura FM, de Belém, sobre as boas práticas previstas no Plano, o ministro fez o anúncio em primeira mão da linha de crédito que o Ministério da Agricultura tem disponível pelo BID e que será usada para investimentos no Pará.

 

Segundo o ministro, a questão ambiental é o cérebro do novo Plano Safra e o aumento da produção ocorrerá de forma sustentável. “O Pará também tem área de pastagens antropizadas que podem ser convertidas em áreas de agricultura e pecuária para que o estado possa produzir cada vez mais alimentos. O estado tem uma grande capacidade logística e possui excelente localização fluvial, um estado muito competitivo na produção de comodities e pode ampliar a produção, mas sem desmatamento. O Pará não precisa de desmatamento para crescer na produção de grãos. Basta a gente investir através de transformação de pastagens degradadas em áreas de agricultura”, destacou Carlos Fávaro.

 

Em relação à Cop30, que será realizado em 2025, em Belém, o ministro informou que a pasta recebeu um pleito do presidente Lula. “Todos os incentivos serão usados para construirmos um modelo de produção sustentável para que o mundo possa reconhecer durante a Cop. E nós temos uma linha de crédito aprovada pelo BID que está disponível e o presidente Lula determinou que R$ 2 bilhões sejam usados para investir em programas de produção agrícola e pecuária sustentável para o Norte do país, localizados em Belém e suas regionais, para que possamos mostrar para o mundo que é possível implementar uma grande agropecuária, mas preservar o meio ambiente”, disse.

 

Segundo o ministro, o investimento será tratado diretamente com o governador Helder Barbalho e a sociedade civil para a implementação desses programas.

 

Plano Safra 2023/2024

 

O Plano Safra 2023/2024 com R$ 364,22 bilhões para o financiamento da agricultura e da pecuária empresarial no país. O crédito vai apoiar grandes produtores rurais e produtores enquadrados no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

 

O objetivo do governo com esse Plano Safra é incentivar o fortalecimento dos sistemas de produção ambientalmente sustentáveis, com redução das taxas de juros para recuperação de pastagens e premiação para os produtores rurais que adotam práticas agropecuárias consideradas mais sustentáveis.




  • Imprimir
  • E-mail