Banpara bio maio


Delegado federal bolsonarista que atua no Pará é suspenso por 45 dias pelo ministro da Justiça

O Bastidor - 13/02/2023

Delegado bolsonarista já foi alvo de suspeitas de corrupção e associação criminosa - Créditos: Foto: Reprodução/Instagram

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, suspendeu por 45 dias o delegado Everaldo Jorge Martins Eguchi, da Polícia Federal. A portaria com a determinação foi publicada no Diário Oficial da União de sexta-feira (10). Segundo o texto, o delegado teria deixado de cumprir a lei.

 

A portaria não deixa claro o que motivou a punição a Eguchi. Constam apenas dados de um processo interno ao qual ele foi submetido. O delegado é filiado ao PL, apoiador de Jair Bolsonaro e concorreu a deputado federal no ano passado - não foi eleito.

 

Em 2021, Eguchi foi alvo de uma operação da Polícia Federal que investigava suspeitas de corrupção, associação criminosa e violação de sigilo profissional. Ele é suspeito de vazar informações de outra operação contra empresários ligados à exploração irregular de manganês no Pará. Meses depois, o inquérito contra o delegado foi suspenso.

 

Um ano antes da operação, Eguchi foi candidato a prefeito de Belém e chegou a disputar o segundo turno, mas também foi derrotado. À época, disputou o cargo pelo Patriota. 

 

Bastidor tentou contato com o delegado, mas não houve resposta. O Ministério da Justiça e Segurança Pública e a Polícia Federal também não quiseram se manifestar sobre a suspensão de Eguchi.




  • Imprimir
  • E-mail