pms fev 2024 exploração sexual
rec cartão afinidade Banpará fevereiro interno

Oeste do Pará terá chuva acima da média nos próximos dias, segundo Semas

PORTAL OESTADONET - 08/12/2022

Créditos: Imagem ilustrativa

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), divulgou boletim climático para o mês de dezembro em todo o território paraense e a previsão é de muita chuva para os próximos dias. Elaborado pela equipe técnica do Núcleo de Monitoramento Hidrometeorológico da Semas, o levantamento serve para que a Defesa Civil monitore as áreas onde há riscos de alagamento ou deslizamento de terras. 

 

Dezembro deve registrar chuvas acima da média e isso ocorre devido o período de transição dos meses com menor volume de chuva. A previsão para os próximos três dias no município é de chuva variando entre 1 mm a 4,5 mm e temperatura na casa dos 29º e 30º graus. 

 

Praticamente toda a região Norte também deverá sentir grandes acumulados de chuva durante o mês de dezembro. Segundo a Climatempo, o tempo será abafado e a precipitação deverá ficar próximo ou acima da média de 30ºC.

 

O coordenador da Defesa Civil de Santarém, no oeste do Pará, Darlison Maia, informa que as áreas consideradas de risco no município estão sendo monitoradas. Essas áreas se concentram nos bairros Nova República, Ipanema e Matinha. 

 

Segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a média de precipitação pluviométrica do município é de 128,5 milímetros. Os dados mostram ainda que entre os dias 1 e 5 de dezembro, houve registro de precipitação de cerca de 52,4 mm, o que equivale a 40,8% da média climatológica. 

 

A Defesa Civil Municipal faz a medição do nível pluviométrico em pontos instalados nos bairros Jaderlândia, Matinha, Mapiri e Uruará. O órgão mantém a situação de alerta nesse período, já que a previsão para os próximos dias é de chuva acima da média. 

 

Segundo a Semas, a expectativa é que o acumulado de chuvas prevaleça durante todo o próximo trimestre, dezembro de 2022 a fevereiro de 2023, na maior parte do estado. 

 

As previsões da Semas atendem a expectativa para o final de ano, quando se dá início ao período popularmente conhecido como “inverno amazônico”, assim chamado devido às chuvas ocorridas com frequência em grande parte da região.

 

O principal componente responsável pelo grande volume de chuvas é a zona de convergência intertropical, que atua desde dezembro até meados de maio, ocasionando chuvas e tempo encoberto durante o dia todo.

 

A Defesa Civil orienta para que a população fique atenta com as chuvas que ocorrem durante a madrugada, pois elas costumam ser prolongadas e trazer ventos fortes.




  • Imprimir
  • E-mail