Verão julho

Candidatos evangélicos fazem voto de pobreza?

Portal OESTADONET - 08/08/2022

Uma dobradinha aparece no site da Justiça Eleitoral como sendo formada para demonstrar que dois pastores evangélicos, dois parlamentares financiados pela igreja Universal, parecem estar livre da cobiça por bens materiais. Pelo menos a olhos vistos.

 

Apesar de auferirem gordos subsídios como parlamentares, o vereador Angelo Tapajós (Republicanos), de Santarém, que é candidato a deputado estadual, declarou possuir apenas um patrimônio de R$ 2.100,00, concentrado em três contas bancárias. 

 

 

Já o chefão dele, de Belém, o deputado estadual Vavá Martins(MDB), candidato à Câmara Federal, nada tem a declarar pertante a Justiça Eleitoral do Pará, como mostra a imagem abaixo.

 

 

LEIA TAMBÉM: 

 

Vereadora que corre risco de perder mandato declara não possuir bens, mas ostenta vida de luxo

 

Primeiro candidato a governador do Pará a registrar candidatura, Zequinha Marinho (PL) declara bens no valor de R$2, 2 milhões

 

Vereador candidato a deputado federal diz ter apenas R$ 117, 00 em bancos e terreno de apenas R$ 482,00 entre bens declarados no total de R$ 958 mil




  • Imprimir
  • E-mail