Banpara energia solar


Prefeitura de Santarém rescinde contrato com Mais Saúde para gestão do centro de atendimento da UPA 24h a pacientes com Covid

Portal OESTADONET - 23/05/2022

UPA 24 h de Santarém. - Créditos: Arquivo

O contrato de gestão do Centro Especializado de Atendimento ao Covid-19, na UPA 24 horas, em Santarém, no oeste do Pará, firmado pelo Município de Santarém com o Instituto Social Mais Saúde foi rescindido. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), informou, por meio de aviso de rescisão contratual, o fim do convênio firmado entre a Prefeitura de Santarém e a organização social. 

 

O contrato nº 122/2021, com dispensa de chamada pública, firmado entre a Semsa, o Fundo Municipal de Saúde e o Instituto Social Mais Saúde, teve a finalidade da prestação de serviços especializados na área de gestão do Centro Especializado de Atendimento ao Covid-19 (Cecovid), conforme convênio nº. 11/2021, para a gestão de 20 leitos instalados na Unidade de Pronto atendimento (UPA 24 horas).

 

O contrato tinha vigência prevista de seis meses, a contar do dia 1º de dezembro de 2021, no valor de R$: 4.199.976 .

 

O Centro Especializado iniciou suas atividades a partir do dia 24 de outubro de 2021 e foi responsável por 1.353 internações entre atendimentos clínicos e de estabilização, 236 altas, 81 transferências. Nesse período, foram registradas 32 mortes no Cecovid.

 

Atualmente, a unidade não está atendendo casos de sintomáticos respiratório, e quanto ao sistema municipal de saúde, foi registrada queda significativa de 89,8% no registro de novas internações. 

 

De acordo com o relatório de acompanhamento da unidade, de novembro de 2021 a março de 2022 Os indicadores demonstram, de forma segura e sustentada, um retrocesso da pandemia no município de Santarém.

 

Registro de mortes por Covid-19

 

O município de Santarém voltou a registrar morte em decorrência da Covid-19. A vítima é um homem de 63 anos, que faleceu no último dia 13, segundo informou o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divulgado neste final de semana. Agora são duas mortes registradas neste mês de maio.

 

A cidade chega a 1.322 óbitos, sendo que 138 deles ocorreram somente neste ano de 2022.

 

São cerca de 40 mil casos positivos da doença em dois anos de pandemia.

 

A Semsa informou ainda que dos dez leitos de UTI para atendimento de pacientes com Covid, três estão ocupados com pacientes positivados com a doença. A pasta informa ainda que há outros três pacientes internados em leitos clínicos, dos dez leitos disponíveis .




  • Imprimir
  • E-mail