pms fev 2024 exploração sexual
rec cartão afinidade Banpará fevereiro interno

TRF1 julga dia 25 de abril se projeto de mineração da Belo Sun deve ser licenciado por SEMAS ou Ibama

Portal OESTADONET - 18/04/2022

A Ilha da Fazenda é uma das comunidades ribeirinhas que pode ser impactada pela mineradora - Créditos: Marcelo Soubhia-ISA

No próximo dia 25, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília, deverá decidir qual é o órgão competente para o licenciamento ambiental do projeto de ouro da Belo Sun na Volta Grande do Xingu (se a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado ou o Ibama) e sobre o pedido de suspensão do alvará de construção do empreendimento. 

 

O pedido de levantamento da suspensão foi apresentado pela Belo Sun no início de 2022, após a conclusão, no ano passado, das reuniões de consulta junto aos indígenas, necessárias para a aprovação de ambas as comunidades indígenas e em conformidade com a Funai. Segundo a multinacional canadense, os requisitos do protocolo para o Estudo do Componente Indígena se basearam na documentação final da Funai. 

 

Em setembro de 2018, o juiz federal de Altamira determinou que o Ibama – e não a Semas – era o órgão competente para o licenciamento ambiental do Volta Grande. A decisão foi suspensa pelo TRF1, que apontou o órgão estadual como autoridade competente até o julgamento final do processo.




  • Imprimir
  • E-mail