BANPARÁ BIO 2
Alfabetiza junho

Bebê é encontrado morto após briga de casal, em Santarém

Portal OESTADONET - 23/03/2022

Um bebê de apenas dois meses foi encontrado morto em uma residência no bairro Vitória Régia, na grande área da Nova República, em Santarém, no oeste do Pará.

 

LEIA MAISCasal é autuado por homicídio, permaneceu calado em depoimento; bebê morreu por asfixia entre 21h e 1h da madrugada

 

O Portal OESTDONET apurou que, um policial militar que esteve no local sustenta que o bebê estava morto há bastante tempo. 


De acordo com a polícia, os pais da criança estavam bebendo e tiveram um desentendimento. Após isso, a criança foi achada morta no berço. Familiares acionaram a polícia e o casal foi conduzido à 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde lá o caso foi registrado.

 

O delegado plantonista Eduardo Simão solicitou ao Centro de Perícias Cientícias Renato Chaves (CPC), um laudo técnico para saber as causas da morte do recém-nascido.


Na delegacia, o pai, Fabrício dos Santos Cunha, confirmou que estava bebendo na companhia da mulher na casa de um amigo, que fica em frente à residência do casal. Segundo ele, realmente houve um desentendimento entre eles.

 

Fabrício afirmou ainda que depois disso foi embora, mas depois voltou pra casa alertado por familiares. Quando chegou, encontrou o filho morto.

 

O caso, segundo o delegado Eduardo Simão, será encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente.

 

O pai nega que teria agredido a esposa e também não fez afirmações sobre uma possível agressão da mãe à criança.

 

A mãe do bebê esteve companhada de seu pai para ser ouvida pela autoridade policial.

 

O sogro de Fabrício afirmou que o genro agrediu a filha e que a mulher tem problemas psiquiátricos. Ela sofre de depressão e ansiedade. As investigações vão apontar as circunstâncias da morte da criança e se houve qualquer tipo de agressão à mulher.

 

De acordo com apuração do repórter Bena Santana, da Rádio Guaraby FM, a mãe do bebê, Manuelle Hein Medeiros, 29 anos, nega qualquer violência contra o recém -nascido, mas admite que estava bebendo.




  • Imprimir
  • E-mail