banpara LCI julho 2024


Governo do Pará libera nona recarga do vale-alimentação escolar para alunos da rede estadual do Baixo Amazonas

PORTAL OESTADONET, com informações da Agência Pará - 16/04/2021

Créditos: Divulgação/SEDUC

Desde quinta-feira (15), alunos da rede pública estadual já poderão utilizar a nona recarga do vale-alimentação escolar na Região de Integração Baixo Amazonas, formada pelos municípios de Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Santarém e Terra Santa.

 

Com mais esta recarga, já totaliza um investimento de R$ 402 milhões, oriundos do Tesouro Estadual, ao longo desta pandemia para garantir alimento aos alunos e ajudar as famílias a enfrentar este momento difícil”, ressaltou o governador Helder Barbalho.

 

A iniciativa do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), iniciou em 2020, como forma de garantir a alimentação aos alunos devido à suspensão das aulas presenciais na rede pública, em decorrência da pandemia da Covid-19. Com o valor de R $ 80,00 por recarga, até o momento cada aluno já recebeu R$ 720,00 como auxílio à alimentação.

 

Novos alunos - A secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, ressaltou que a recarga do vale-alimentação será destinada a todos os alunos matriculados na rede estadual de ensino em 2021, inclusive os novos alunos, que também terão direito ao benefício a partir desta nona recarga.

 

“Na nossa nona recarga iremos contemplar todos os nossos alunos, inclusive os novos alunos que, a partir do dia 17 de abril irão começar a receber os novos cartões. A partir dessa data, o aluno deverá procurar sua escola, respeitando todas as restrições impostas pela pandemia, para efetuar a retirada do seu cartão e passar a usar o benefício do vale-alimentação”, orientou a titular da Seduc.

 

Além do amparo aos alunos e da preservação do direito à merenda escolar, o governador ressaltou que o vale-alimentação é uma forma de fomentar a economia local. “Use este recurso no comércio local para prestigiar e ajudar a economia da sua cidade, e garantir o alimento na mesa de todos”, acrescentou Helder Barbalho.

 

Os novos alunos matriculados em 2021 na rede estadual pública receberão o cartão do vale-alimentação a partir de 17 abril, conforme cronograma que será divulgado no site e nas redes sociais da Seduc. O processo de matrícula foi encerrado no final de março, quando houve o fechamento da base de dados da Secretaria e o envio às empresas para o processo de emissão do cartão aos novos estudantes. A cada dia, o vale-alimentação escolar será liberado para uma nova região.




  • Imprimir
  • E-mail