Camarão no pão
Cartas na mesa

Chuvas provocam atraso na execução de obras Ginásio do América, que só deve ser entregue em agosto

Weldon Luciano - 28/05/2019

Ginásio do América, em Santarém: obra se arrasta há mais de 8 anos. - Créditos: Weldon Luciano/Portal OESTADONET

A intensidade das chuvas provocaram atraso na execução das obras do Ginásio do América, em Santarém. A informação foi confirmada pelo titular da Secretaria Regional  de Governo do Baixo-Amazonas Henderson Pinto, que esteve vistoriando o local na manhã de segunda-feira, 27 de maio, na companhia do adjunto da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (SEEL), Vitor Borges. De acordo com o Governo do Pará, responsável pela construção, a entrega que estava prevista para o dia 22 de junho, aniversário da cidade, deve ocorre apenas em agosto, resultando em mais 60 dias de trabalhos.

 

“Estamos estimando que sejam necessários mais 60 dias a partir do prazo, no final do mês de junho, para que o ginásio seja entregue a população de maneira definitiva. Estamos anunciando para a população essa adequação no projeto e em seguida marcando uma nova data para a entrega”, afirmou Hederson Pinto.  

 

Segundo apurou a reportagem do Portal OESTADONET, as chuvas acabaram atrapalhando a montagem da estrutura metálica que compõe a cobertura da praça esportiva, impedindo o acesso de caminhões e maquinários necessários para executar o serviço.

 

“Devido às chuvas esse procedimento ficou impedido, assim como o entorno do ginásio, onde houve alguns alagamentos, por conta da obra e acabou prejudicando. Os serviços internos e a parte administrativa que está abaixo da arquibancada, detalhes das paredes e do acabamento praticamente está concluído”, comentou o secretário.   

 

Sobre o atraso, Hederson lamentou que o ginásio não seja entregue no dia do aniversário da cidade como o previsto, mas ressalta que esse tempo a mais de trabalho devem garantir que tudo seja terminado dentro da normalidade, certificando a qualidade da obra.  

 

“Não sou adepto do sistema de obras em que se tem que correr para entregar de qualquer jeito. Haveria a necessidade de se entregar no prazo, porém, há a nossa preocupação em fazer as coisas dentro da normalidade para que se garanta algo de qualidade.  Não adianta correr com a obra e dentro dessa celeridade você gerar um problema no processo construtivo e futuramente se identifique um problema gerado com isso”, conclui Henderson.

 

Ginásio de Santarém

 

Localizado no antigo Campo do América, no bairro Aparecida, a obra orçada em mais de RS 6 milhões iniciou em 2013 e após um período de paralisação, foi retomada em 2017. A estrutura contará com bilheterias, recepção, saguão de entrada, setor de apoio ao turista, lanchonetes, academia de ginástica e academia exclusiva para atletas, cabines de transmissão para a imprensa, estacionamento e um palco, que poderá receber shows. A capacidade será de 5.343 torcedores, incluindo setores com acessibilidade para cadeirantes e portadores de necessidades especiais. 


  • Imprimir
  • E-mail