Camarão no pão
Cartas na mesa

Realização de Blitz em Santarém e caminhada em Alter do Chão marcam dia "D" de enfrentamento ao Abuso e a Exploração sexual de Crianças e Adolescentes

Weldon Luciano - 17/05/2019

O Dia “D” de enfrentamento ao Abuso e a Exploração sexual de Crianças e Adolescentes ocorre nesta sexta-feira, 17 de maio. Para celebrar a data, a programação inclui a realização de blitz educativa simultaneamente em 4 pontos da cidade.  Uma caminhada também ocorre na vila balneária de Alter do Chão no mesmo horário.  

 

O evento é realizado pela Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdca) em alusão a data 18 de maio que é o Dia Nacional dedicado à causa.

 

Em 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos. Com a repercussão do caso, e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes. Desde então, esse se tornou o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência.

 

Além do dia “D”, outras atividades estão programadas até o fim do mês em alusão a Campanha Nacional "Faça Bonito" e também a campanha da Fundação Abrinq #PodeSerAbuso está sendo desenvolvida em escolas particulares, municipais e estaduais, comunidades, Cras, Creas para sensibilizar a população diante dos dados. No dia 15 de maio, uma panfletagem foi realizada nas embarcações ancoradas em frente a cidade. De acordo com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) , foram distribuídos 80 cartazes e 23 embarcações foram visitadas.

 

Casos em Santarém

 

Segundo o levantamento da Vigilância Socioassistencial da Semtras, 489 casos de abuso sexual foram registados em Santarém. Ainda segundo os dados, 37 casos foram de exploração sexual e 75 foram considerados suspeitos de abuso sexual.

 

Confira a programação:

 

Blitz das 16h ás 17h :


- Av. Sergio Henn (em frente a Semtras)  

 

- Praça da Cohab

 

- BR 163 (em frente ao Quincó)


- Fernando Guilhon (em frente Viação Perpétuo Socorro).


- Alter do Chão (concentração na Escola indígena Antônio Souza Pedroso)


  • Imprimir
  • E-mail