Camarão no pão
Cartas na mesa

Ministério Público analisa prestação de contas de 2018 da Fundação Esperança

Weldon Luciano - 16/05/2019

Fundação Esperança, em Santarém, estado do Pará -

O Ministério Público do Pará, por meio da Promotoria de Justiça em Santarém tornou público a instauração do Procedimento Administrativo para analisar as contas da entidade de interesse social denominada Fundação Esperança. A portaria está publicada no Diário Oficial do Pará, edição de quarta-feira, 15 de maio,

 

Segundo o procedimento foi instaurado no dia 6 de maio e tem o objetivo de apurar as constas relativas ao ano-calendário 2018. A análise deve ser conduzida pelo promotor Raimundo Nonato Coimbra Brasil, titular da 12ª Promotoria.

 

Em Santarém, a Fundação Esperança consolidou-se com forte atuação em saúde, cuidando de comunidades tradicionais quilombolas e ribeirinhas, oferecendo oportunidades de capacitação profissional em diversos municípios da região.

 

Outra área de atenção especial da Fundação é a educação. Desde de 1996, quando foram lançados os primeiros cursos profissionalizantes, e posteriormente, com a criação do Instituto Esperança de Educação Superior (Iespes) e do Centro Educacional Profissional Esperança, são ofertados cursos de graduação, pós-graduação e técnicos, qualificando os jovens e adultos.


  • Imprimir
  • E-mail