pms maio
Camarão no pão
Banpará

Promotora abre inquérito para apurar conduta de tenente coronel PM

Lúcio Flávio Pinto - 24/04/2019

A promotora Mariela Correa Hage decidiu instaurar inquérito civil para apurar a denúncia de que o tenente coronel Paulo Roberto Vale Pereira Carneiro Filho estaria recebendo DAS no próprio Ministério Público do Estado e concomitantemente DAS referente ao cargo que exercia na Assembleia Legislativa. A acumulação das duas comissões é proibida por lei.

 

A promotora, que atua na 2ª promotoria de defesa do patrimônio público e da moralidade administrativa, tomou a decisão com base em denúncia anônima. Não deveria fazer uma investigação preliminar antes do inquérito civil?


  • Imprimir
  • E-mail