pms maio
Camarão no pão
Banpará

Promotora de justiça no Pará se aposenta ganhando 32 mil reais

Lúcio Flávio Pinto - 22/02/2019

A Procuradora-Geral de Justiça do Estado do Pará, em exercício, Cândida de Jesus Ribeiro do Nascimento, concedeu, a pedido da interessada, voluntariamente, com proventos integrais e com paridade, a aposentadoria à promotora de justiça de 2ª entrância Polyana Brasil Machado de Souza.

 

Ela irá para casa com proventos mensais de R$ 32.004,65 (isso mesmo: por extenso, trinta e dois mil quatro reais e sessenta e cinco centavos), a partir de hoje.

 

A procuradora-geral, para conceder esse benefício, 15 vezes superior à média da aposentadoria de um brasileiro comum, acolheu integralmente o parecer dado pela assessoria jurídica do órgão. Foi a 75ª aposentadoria no âmbito da Procuradoria só nestes dois primeiros meses do ano, ainda inconclusos.


  • Imprimir
  • E-mail