Dengue
Vox interno
churrascaria interno

Pro Saude tem contas rejeitadas

Lúcio Flávio Pinto - 22/02/2019

A prestação de contas da Pró-Saúde (Associação Beneficente de Assistência Hospitalar) relativa ao Hospital Galileu, em Belém, no exercício de 2016, foi rejeitada, por conter “diversas irregularidades”, que foram “exaustivamente enumeradas” em Parecer Contábil da Corregedoria Nacional do Conselho Nacional do Ministério Público., no curso de reclamação disciplinar.

 

Por isso, o Ministério Público do do Pará, através da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela das Fundações, Entidades de Interesse Social, Falência e Recuperação Judicial e Extrajudicial, decidiu desaprovar as contas do ano-calendário de 2016 da Pró-Saúde.

 

O MP estadual também decidiu instaurar procedimento preparatório “para apuração de eventual improbidade administrativa em razão das irregularidades contábeis apontadas”.


  • Imprimir
  • E-mail