Dengue
Vox interno
churrascaria interno

Especial Plano Diretor Urbano de Santarém: consórcio de municípios para fomentar o turismo

Weldon Luciano - 12/01/2019

Orla de Santarém, porta de entrada do visitante dos municípios do Baixo-Amazonas - Créditos: Cristiano Santa Cruz

Após meses de debates e impasses, Santarém aprovou seu plano diretor, que apresentou uma série de adequações. A versão final prevê no quesito turismo, mais precisamente no inciso III, cita a necessidade de instituir o Polo Tapajós. De acordo com o texto, deve haver um consórcio entre municípios para a criação e execução de programas e fomento ao setor. O projeto de lei aprovado pela Câmara e sancionado pela prefeitura deve nortear as ações do municípios para os próximos anos.   

 

LEIA TAMBÉM: Especial Plano Diretor Urbano de Santarém: Tarifa seletiva de abastecimento de água está prevista

 

A área em potencial para o desenvolvimento das ações do Programa do ecoturismo inclui além de Santarém, os municípios de Monte Alegre, Belterra, Aveiro Oriximiná e Alenquer. Mojui dos Campos, localizado na região metropolitana ficou de fora.

 

O objetivo é de indicar meios e instrumentos para nortear investimentos na região, e elaborar uma estratégia de desenvolvimento do turismo sustentável com base no Estudo dos Mercados Nacional e Internacional do Turismo Sustentável para a Amazônia Legal e no Diagnóstico da Oferta Turística Efetiva e Potencial da Amazônia.

 

Santarém é portão de entrada do polo, sendo uma das cidades mais antigas da Amazônia Brasileira. Fundada em 1661, é a terceira cidade mais populosa do Estado, atrás apenas de Belém e Ananindeua, na região metropolitana da capital. Por sua localização, Santarém ocupa papel importante no contexto de desenvolvimento da região Norte. Conhecida como a Pérola do Tapajós, se configurou como o principal entreposto no eixo Manaus/Belém ainda no período colonial e ganhou forte impulso comercial na fase áurea do Ciclo da Borracha. Possui vocação natural para o turismo, como o artesanato, o folclore, as manifestações culturais de grande notoriedade (como o Çairé, em Santarém) e o conjunto arquitetônico.  

 


  • Imprimir
  • E-mail