Violência interno
Pro refis

Santarém acumula mais de mil novos postos de trabalho criados este ano

Weldon Luciano - 23/11/2018

Santarém fechou o mês de outubro com saldo positivo de 44 novos empregos formais. Foram 796 admissões e 752 desligamentos durante o período. Os setores que mais contribuíram para este resultado foram o da Industria de Transformação e o de Serviços que apresentaram saldo positivo, ou seja, contrataram mais do que demitiram. Somados aos números acumulados durante o ano, Santarém criou 1.059 novos postos de trabalho e mantém a liderança do ranking na região.

 

Segundo dados fornecidos pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) a Indústria de Transformação deu um salto considerável contratando 106 novos funcionários e desligando apenas 41, gerando saldo de 65 novos postos. Serviços vem logo em seguida, com 288 admissões e 245 desligamentos, com saldo de 43 novos empregos formais. Na agropecuária, foram 79 contratações e 77 demissões com saldo positivo de 2. A Extrativa Mineral obteve 8 contratações e 8 demissões, terminando com saldo zerado.

 

Na contramão, seguem os setores do comércio e da construção civil que voltam a registrar queda no número de postos de trabalho. No comércio foram 274 admissões e 337 demissões, num total de 63 postos de trabalho que deixaram de existir. Na construção civil, que vem retraindo há vários meses, foram 38 admissões e 44 demissões, com seis empregos formais a menos.

 

Meses anteriores

 

Em agosto e setembro, outros meses do segundo semestre em que o Caged divulgou dados, é possível apontar que Santarém tem obtido bons resultados, se mantendo entre os dez municípios do Pará que mais criaram empregos este ano. Até setembro, foram 976 empregos formais registrados. Santarém fica atrás apenas de Parauapebas (3.547), Barcarena (2.493), Belém (2.331), Altamira (1.138), Castanhal (1.004), de municípios mineradores ou que receberam grandes empreendimentos e da capital.

 

Naqueles mês, foram 867 admissões e 779 demissões, resultando no saldo de 88 novos postos de trabalho criados. O Município fechou o mês de agosto com saldo positivo de 179 empregos formais. A diferença representou um acréscimo de +0,57% no número de empregos em relação a julho. Foram 995 admissões e 816 desligamentos.

 

Ainda de acordo como relatório, o município tem registrado aumento no número de postos criados nos últimos dois anos, recuperando os números negativos de 2015 e 2016. Em 2018, até o momento foram 976 e em 2017 foram 652. Em 2015, o balanço fechou em queda, com 792 postos e trabalho fechados e 2015 com 425 postos de trabalho a menos.

Confira o desempenho dos municípios da região até outubro deste ano:

 


  • Imprimir
  • E-mail