Violência interno
Pro refis

Cooperativa estima aumento de 50% nas vendas de passagens de barco entre dezembro e janeiro

Weldon Luciano - 12/11/2018

Movimento no porto da Companhia Dicas do Pará, em Santarém. Procura por passagem de barco aumenta no final do ano -

A movimentação de cargas e passageiros saindo de Santarém com destino a Manaus, Belém e Macapá tem sido intensa. Segundo a Cooperativa dos Agentes de Passagens e Cargas Fluviais do Oeste do Pará (Cooapfopa), para os meses de dezembro e janeiro a estimativa é de que ocorra um aumento de 50% nas vendas de passagens em comparação ao mesmo período em 2017.

A cooperativa aponta que atualmente, no trajeto Santarém/Manaus, 8 embarcações viajam por semana, resultando em um fluxo 800 a 1200 passageiros por mês. No trajeto Santarém/Belém são 2 embarcações por semana resultando em fluxo de 600 passageiros por mês. No trajeto Santarém/Macapá 6 embarcações cumprem o itinerário com um saldo de 600 passageiros por mês transitando nas águas da região.  

De acordo com os agentes que vendem passagens, o aumento da procura estaria relacionado à chegada das festas de fim de ano e de férias escolares, sendo o transporte fluvial uma opção mais em conta para levar toda a família, se compararmos com os preços de outros tipos de transportes, como o aéreo, por exemplo.

A meta apontada pela cooperativa, acaba sendo o ápice de um segundo semestre que já demonstrou ser muito bom para o setor. Entre os meses de agosto a novembro, as vendas de passagens foram 40% maiores do que no ano passado.

Conforme apurou a reportagem do Portal OESTADONET, a viagem de Santarém para Manaus custa R$ 150 por pessoa e dura dois dias. Para Belém a passagem custa R$ 200 e dura dois. Para Macapá, por sua vez a vigem é mais curta, sendo feita e 30 horas ao custo de R$ 160 por passageiro.  


  • Imprimir
  • E-mail