Violência interno
Pro refis

Automedicação foi responsável por maioria de casos de intoxicação em Santarém, aponta Ministério da Saúde

Portal OESTADONET, com Ascom CFF - 26/10/2018

Os medicamentos foram a principal causa de intoxicação em Santarém nos últimos dez anos. Eles responderam por 76 dos 359 casos notificados pelo município ao Ministério da Saúde nesse período (DADOS SINAN). Embora grande parte dos casos sejam por tentativa de suicídio, a origem do problema também está num péssimo hábito dos brasileiros, a automedicação.  Mas o Conselho Federal de Farmácia tem feito um grande esforço para mudar essa cultura, a partir da capacitação dos farmacêuticos para atuar na promoção da saúde, auxiliar na seleção dos medicamentos de venda livre e acompanhar o uso dos medicamentos tarjados, visando o seu uso seguro e racional e à obtenção dos melhores resultados dos tratamentos.

Um novo curso começa hoje, sexta-feira, dia 26 de outubro, na sede da Unama, Rua Rosa Vermelha, 335 - Aeroporto Velho. Trata-se do Projeto Cuidado Farmacêutico em Farmácias Comunitárias, que, em Santarém, beneficiará também alguns farmacêuticos da rede pública. As aulas serão mensais e a partir do segundo de um total de 8 módulos, os farmacêuticos serão acompanhados por tutores para a implantação do consultório farmacêutico em suas farmácias. 

Essa já é uma realidade em todo os país. Apenas nas grandes redes, já são 1,7 mil consultórios farmacêuticos em atividade, dos quais 902 oferecem serviços avançados (hipertensão em dia, colesterol em dia, diabetes em dia, revisão da medicação, autocuidado, imunização, parar de fumar e perda de peso). No ano passado, o número de atendimentos nesses espaços ultrapassou 1,4 milhão.

"Nós, farmacêuticos, temos um papel estratégico e fundamental no cuidado à saúde”, alerta o presidente do CFF e conselheiro federal de Farmácia pelo estado do Pará, Walter da Silva Jorge João, que estará hoje e amanhã em Santarém para acompanhar o curso. Segundo ele, até o ano que vem mais de 3,6 mil farmacêuticos serão capacitados por meio dessa iniciativa em todo o país. “E com satisfação, trago essa iniciativa para Santarém, que além de beneficiar enormemente a população, ainda resultará em uma maior valorização e no reconhecimento da autoridade técnica do farmacêutico.”


  • Imprimir
  • E-mail