Doe Sangue
Não a Violencia
Educação

Em audiência de custódia, juiz nega revogação de prisão do sargento Gildson

Redação - 29/06/2018

Foi realizada nesta tarde, na Terceira Vara Criminal de Santarém, a audiência de custódia do sargento do GTO da PM, Gildson dos Santos Soares, que teve decretada contra si mandado de prisão preventiva.

O militar confessou que atirou em direção ao carro em que estavam seis pessoas, tendo atingido letalmente uma mulher e ferido dois adolescentes.

O juiz negou a revogação da prisão, requerida pelos advogados.

Ainda pela manhã, antes da decretação da prisão do sargento Gildson, seus advogados ingressaram com pedidonde habeas corpus preventivo, que não chegou a ser apreciado.

O militar será transferido para a penitenciária Anastácio das Neves, em Americano, onde ficam custodiados policiais militares.


  • Imprimir
  • E-mail