Banpara energia solar


Brigada de Incêndio de Alter do Chão(PA) é escolhida por Anitta para receber doações em aniversário da cantora

Portal OESTADONET - 27/03/2024

Créditos: Reprodução/redes sociais

 

A organização não governamental Brigada de Incêndio Florestal de Alter, que tem sede em Alter do Chão, em Santarém, no oeste do Pará, é uma das três instituições escolhidas pela cantora Anitta para receber doações de convidados e não convidados do aniversário da artista. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, a cantora disse que este ano, quando comemora 31 anos de idade, não quer ganhar presentes, mas doações que serão destinadas às instituições que atuam na preservação do meio ambiente.

 

No vídeo, Anitta explica o motivo pelo qual decidiu trocar presentes de aniversário por doações a ongs brasileiras. "Esse ano resolvi fazer algo diferente no meu aniversário! Em vez de presentes, peço aos meus amigos e familiares que doem para três instituições incríveis que escolhi. Doar é super simples", diz a mensagem divulgada pela cantora.

 

Para doar basta direcionar a câmera do celular para o QR code, acessar o site da artista e clicar em 'doar' no canto superior direito da tela. "Depois, basta informar o valor da sua contribuição, seu nome completo, e-mail e telefone. Escolha a forma de doação, seja por cartão de crédito ou transferência bancária. Caso opte pelo cartão de crédito, preencha os dados solicitados e complete clicando no botão 'contribuir'. Vamos juntos fazer a diferença!", ainda disse Anitta.

 

As instituições escolhidas por Anitta são todas ligadas ao meio ambiente: a Hutukara Associação Yanomami (HAY), que é dedicada à defesa dos povos Yanomami e Ye’kwana; o Instituto Vida Livre, criado para reabilitação e soltar animais silvestres; e a Brigada de Incêndio Florestal de Alter, que atua no combate e prevenção a incêndios em Alter do Chão, em Santarém, no Pará.

 

Nos últimos anos, a Brigada Alter tem atuado efetivamente no trabalho de prevenção às queimadas na região de Alter do Chão. A instituição ficou internacionalmente conhecida após o incêndio ocorrido em 2019, após terem sido acusados de serem os responsáveis pelo fogo que destruiu parte da Área de Proteção Ambiental (APA) Alter do Chão, mas acabaram inocentados pela justiça.




  • Imprimir
  • E-mail