Banpara energia solar


Santarém se mantém entre os destinos turísticos mais procurados no Pará

Portal OESTADONET com informações da Agência Pará - 13/02/2024

Artesão "bordando" cuia, utensílio usado como recipiente ou objeto de decoração - Créditos: Divulgação/Agência Pará

Uma pesquisa realizada em conjunto pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese-PA) aponta uma recuperação do setor de turismo, que havia sofrido em anos anteriores uma queda no fluxo e na receita em função da pandemia causada pela Covid-19. O estudo mostra que os destinos turísticos mais procurados foram Belém, que vai receber a COP 30, Soure e Salvaterra, no Marajó; Salinópolis, banhada pelo Oceano Atlântico; e Santarém e o distrito de Alter do Chão, no oeste paraense.

 

A atividade econômica do turismo gerou mais de R$ 750 milhões em receita para o Estado do Pará em 2023, como resultado dos gastos de mais de 1 milhão de turistas nacionais e internacionais em visita a destinos paraenses, especialmente nos segmentos de sol e praia e ecoturismo. Na comparação com o ano anterior, os números representam mais de 13% no aumento das divisas entrando na economia do Estado e um acréscimo superior a 11% no número de turistas vindos ao Pará. O turismo gerou cerca de 60 mil empregos em 2023 em solo paraense.

 

Dentre esses turistas que buscaram o Pará como destino turístico, 94% têm a intenção de retornar aos municípios do Pará e 92% recomendariam o Pará em viagens para amigos, familiares ou conhecidos. O movimento no ano passado foi formado por 990 mil turistas nacionais, 10% a mais que em 2022, e 54 mil turistas internacionais, num aumento de 40% em relação ao ano anterior.

 

Pelas suas características geográficas, territoriais, culturais e étnicas o Pará possui um turista de perfil bem diversificado, em busca dos produtos, atrativos e destinos dos mais variados segmentos turísticos e que se apresentam distribuídos ao longo de suas 14 Regiões Turísticas.

 

Perfil - A maioria desses turistas são provenientes dos Estados do Maranhão, Amapá, São Paulo, Amazonas, Goiás, Tocantins, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Ceará. As mulheres predominam entre o público visitante. 66% do total possui entre 26 e 50 anos. Esses turistas são professores, autônomos, vendedores, empresários, dentre outras profissões, a maioria possui uma renda entre 1 e 5 salários mínimos (78%) e grande parte possui o nível superior (38%).

 

Os principais motivos da visita dos turistas aos municípios do Estado do Pará são lazer (42%), visitar amigos e parentes (36%) e negócios (14%). Eles se hospedaram em casa de parentes (41%), casa de amigos (19%) e hotéis/pousada (21,5%). O meio de transporte mais utilizado pelos turistas foram barcos/navios (26,6%), ônibus (26,4%), carro próprio (22%) e avião (9,2%). Esses turistas viajam sozinho (35,6%), com a família/filhos/parentes (31,2%) e com o cônjuge e/ou namorados (15,4%).




  • Imprimir
  • E-mail