Dengue
Vox interno
churrascaria interno

Na primeira semana do ano, Rio Tapajós está 1 metro acima do nível registrado no mesmo período em 2018

Weldon Luciano - 10/01/2019

Rio Tapajós visto da praia do Maracanã, em Santarém -

Na primeira semana do ano, o rio Tapajós em Santarém, oeste do Pará está 1 metro acima do nível registrado no mesmo período em 2018. Nesta quarta-feira, 9 de janeiro, atingiu a marca de 4,52 metros. No dia 1 de janeiro, a medição apontou 4,24, o que demonstra um avanço de 28 centímetros só nestes primeiros dias do mês. A dinâmica de subida do rio, comum no período do chamado inverno amazônico, tem sido observada desde o mês de novembro. Naquele mês, o rio obteve a medição de 2,18 metros.

 

De acordo com a Capitania Fluvial, a mediação é feita diariamente de acordo com uma régua que atende aos critérios técnicos da Agência Nacional de Águas (ANA) e a análise auxilia na tomada de decisões, a fim de orientar os navegantes quanto às precauções de segurança na navegação. 

 

Conforme apurou o Portal OESTADONET, a subida do nível do rio acima do registrado em 2018 tem sido motivado pelo aumento das chuvas nas cabeceiras que compõem a bacia do Tapajós. Mesmo com estes números, ainda não é possível afirmar se teremos uma grande cheia em 2019. 

 

Situação na região amazônica

 

Os níveis dos principais rios do Amazonas registrados na primeira semana de 2019 também estão acima dos valores registrados durante o mesmo período do ano passado. Segundo boletins hidrometeorológicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), o Rio Negro subiu 49 cm, e está mais de dois metros acima em comparação ao mesmo período de 2018.

 

O boletim aponta ainda que, em Manacapuru, o rio Solimões teve crescimento de 41 cm e está 1,9 m acima do nível registrado em 2018. Já o rio Madeira, em Humaitá, subiu 20 cm e está 1,49 m acima em relação ao mesmo período do ano passado.


  • Imprimir
  • E-mail